Home - Convergência Digital

João Vagnes de Moura Silva é o novo presidente da BB Tecnologia

Ana Paula Lobo - 02/08/2019

Joao Vagnes de Moura Silva é o novo presidente da BB Tecnologia e Serviços (BBTS). Ele estava como diretor de administração de fundos e de gestão da BB DTVM, especializada na gestão de recursos de terceiros e na administração dos fundos de investimento dos clientes do Banco do Brasil.

Ele substitui Adriano Meira Ricci, que ficou à frente da empresa por um ano e meio e deixou o cargo para se aposentar no mês de junho. Fontes da BBTS asseguram que João Vagnes não teria o perfil de assumir o comando para preparar a venda da companhia, que é prestadora de serviços de TI do Banco do Brasil.

Ao deixar a empresa, em entrevista ao Convergência Digital, Meira Ricci afirmou que entre janeiro e março de 2019 o resultado financeiro da BBTS foi de R$ 13,6 milhões, acima dos R$ 12 milhões alcançados em todo 2018. Plano estratégico era até então o de, em 2023, ter 30% do faturamento vindo de empresas privadas e o restante do Banco do Brasil.

No CIAB Febraban 2019, a BB Tecnologia fez a apresentação da sua nova estratégia ao mercado, com investimentos em diferentes áreas de atuação como telefonia e segurança.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2020
Mobile banking chega a 44% das operações bancárias no Brasil

29/08/2019
Banco Central controla pagamentos instantâneos

28/08/2019
Sicredi acirra a guerra das maquininhas e avança sobre os MEIs

21/08/2019
BBTS quer ser cada vez mais uma empresa voltada à TI

02/08/2019
João Vagnes de Moura Silva é o novo presidente da BB Tecnologia

01/08/2019
TecBan promete oferecer pagamento instantâneo até o final do ano

03/07/2019
Bancos tradicionais sentem no bolso o impacto das fintechs e bancos digitais no crédito

02/07/2019
Natura avança para pagamento instantâneo atenta ao Open Banking

28/06/2019
BBTS cria plataforma com monitoramento, biometria, QR Code e reconhecimento facial

28/06/2019
Serviços de voz estão mais vivos do que nunca na jornada digital

Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Futuro sem aposentadoria – qual a saída?

Por luis Macedo*

O futuro financeiro nunca foi tão incerto. A aposentadoria "oficial", pelo INSS, fica cada vez mais distante para muitas pessoas, especialmente porque o mundo do trabalho mudou. Uma alternativa para uma parcela significativa da população que não tem carteira assinada são os fundos de previdência. O problema, no entanto, é a infinidade de fundos que existem.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

A Escola Nacional de Administração Pública estima que, por conta da Transformação Digital, a automação deverá substituir cerca de 100 mil postos de trabalho no Serviço Público Federal nos próximos cinco a 10 anos, sendo que a metade deles terá menos de 50 anos.

Acordo trabalhista em Goiás será pago em Bitcoins

Em conciliação realizada pelo TRT de Goiás, empresa de mineração aceitou o pagamento no valor de R$350 mil convertidos na moeda eletrônica. 

Teletrabalho: Novo PL quer acordo prévio para custos com Internet e PCs

Iniciativa também não permite que o tempo de uso dos aplicativos, como o WhatsApp, fora da jornada normal, seja um regime de prontidão. Projeto tem regras distintas da IN 65 do Governo Bolsonaro para os servidores públicos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site