Convergência Digital - Home

Dataprev vai comprar Inteligência Artificial e exige uso da nuvem pública

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 22/06/2020

A Dataprev se prepara para comprar Inteligência Artificial por um um período de 24 meses, incluindo os serviços de Capacitação Técnica e 5.760 (cinco mil setecentos e sessenta) horas de Orientação Técnica, a serem utilizadas sob demanda. A estatal de TI não determinou o montante máximo a ser gasto com a aquisição, mas deixa claro no edital que a IA terá de se adequar à nuvem pública.

De acordo com a Dataprev, a interessada deverá ofertar uma solução que contemplem as tecnologias: análise Preditiva, Machine Learning e Deep Learning; Reconhecimento Visual; OCR; Chatbot; Processamento de fala, Tradução de texto; Processamento de Linguagem Natural. A IA deverá falar português também como forma de acessibilidade aos funcionários.

O prazo para solicitação de esclarecimentos é dia 06 de julho. A entrega de proposta está agendada para 20 de julho. A documentação completa encontra-se à disposição dos interessados na página da empresa no endereço www.dataprev.gov.br

A Dataprev já possui uma IA, apresentada em março ao mercado, batizada de Isaac e foi criada para agilizar a análise de processos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com o órgão, no final de maio, eram 280 mil pedidos de auxílio-doença em análise, que somados aos demais requerimentos chegam a 615 mil pedidos ainda dependendo de análise do INSS.


ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Destaques
Destaques

Governo digital: qualidade do serviço passa pela integração dos dados

O bom resultado dos serviços digitalizados passa por uma infraestrutura de TI robusta, com dados interoperáveis em todas as camadas, aponta o VP da Oracle, Rodrigo Solon Chaves.

Empresas ambicionam mais Inteligência Artificial, mas sofrem com falta de talento

Um apesquisa global da Bain mostra que três em cada empresas, instigadas pela covid-19 e a aceleração da digitalização, se preparam para investir mais em inteligência artificial e machine learning. Mas assumem que as dificuldades não são poucas.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O que é o balanceamento de carga de alta disponibilidade?

Por Ivan Marzariolli *

A alta disponibilidade começa com a identificação e eliminação de pontos únicos de falha em sua infraestrutura que podem desencadear uma interrupção do serviço - por exemplo, implantando componentes redundantes para fornecer tolerância a falhas no caso de um dos dispositivos estiver com problemas.

Dados em tempo real fazem toda a diferença no e-commerce

Por Leandro Rodriguez*

O tempo se tornou o fator crítico no relacionamento entre vendedor e comprador. Levar informações em tempo real a uma filial local ou a gerentes de loja pode ser determinante para a aquisição de clientes e, consequentemente, aumentar as vendas.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site