TELECOM

Por reinvenção, TIM vai comprar plataforma de Inteligência Artificial

Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos ... 21/11/2018 ... Convergência Digital

Reinvenção digital passa por usar novas ferramentas e a TIM Brasil vai ao mercado - com licitação a ser feita ainda em 2018 - para comprar uma plataforma de Inteligência Artificial, como o Watson, da IBM, para unificar toda a base de informações da companhia. Objetivo, afirma o recém-promovido a Chief Technology & Information Officer, Leonardo Capdeville, é ter a compra concretizada já no primeiro trimestre de 2019. Licitação deverá atrair empresas como Microsoft, IBM, Google e outros. Capdeville preferiu não falar de valores, mas admite que é uma concorrência relevante.

"Nós temos um piloto que a Tais, para uma operação MVNO, que reduziu 60% o custo das operações. Agora queremos levar essa ação para a rede, para o CRM, para o Marketing, para as vendas. Vamos ter um único big data e o motor cognitivo vai nos ajudar a criar serviços com as informações que temos da nossa base de clientes", sustentou Capdeville. O CTIO da TIM Brasil admite que o plano é ambicioso: tornar a TIM um hub digital, com a criação de diferentes marketplaces.

"Temos o lado bom e ruim para olhar. Realmente a TIM não entrou no chamado B2B, mas, agora, está preparada para fazer uma série de ofertas na modalidade de serviços. A Amazon não investiu em cloud para ser uma companhia de tecnologia, mas, sim, para resolver seu problema interno. Estamos indo na mesma linha e vamos, agora, agregar valor à conectividade. Queremos ir numa cidade e ofertar uma série de serviços", salientou Capdeville.

O CTIO da TIM Brasil diz que a era da transformação digital já passou. Agora o momento é o da reinvenção digital. "Se as operadoras continuarem com o modelo de vender pré-pago ou pós-pago para os clientes, vão morrer. Nós estamos nos reinventando", sinalizou Leonardo Capdeville. Nessa mexida na área de Tecnologia, a TIM contratou Guilherme Ferraz, ex-Globo, para a diretoria de Transformação Digital. "O objetivo era trazer uma pessoa de fora do mercado de Telecom. Sem os nossos vícios", acrescentou o CTIO.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Leonardo Capdeville explica o processo de reinvenção digital, fala sobre quem vai pagar o 5G e de como as operadoras precisam agir para serem protagonistas da economia digital. O executivo veio a São Paulo nesta quarta-feira, 21/11, para formalizar a parceria de Inovação Aberta com o Cubo, do Itaú. A TIM é a única operadora atuando como mantenedora da iniciativa de inovação, que reúne mais de 70 startups. Assistam a entrevista com o CTIO da TIM Brasil, Leonardo Capdeville.


Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

Começa a valer cadastro que bloqueia telemarketing das teles

A partir deste 16/7, será possível inscrever números no cadastro ‘Não Me Perturbe’. Promessa da Anatel é que em 30 dias os inscritos não receberão mais chamadas promocionais das operadoras de telecom.

Imposto zero para IoT está na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

Deputado Federal, Paulo Ganime (Novo/RJ), diz que o projeto de Lei 7656/2017, corrige uma distorção - a cobrança de FISTEL para os dispositivos IoT.

Governo autoriza aumento de capital da Telebras de R$ 1,17 bilhão

Montante é reflexo dos aportes autorizados em 2015, 2016, 2017 e 2018, quando a estatal estava ainda em acerto financeiro do satélite geoestacionário de defesa e comunicações. 

Comissão aprova prazo de seis meses para instalação de bloqueador de celular em presídios

Relator do projeto retirou o dispositivo que condicionava as novas outorgas de telecomunicação à instalação, ao custeio e à manutenção dos bloqueadores pelas prestadoras.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G