INOVAÇÃO

Fintech Allgoo usa Inteligência Artificial para criar robô advisor

Ana Paula Lobo* ... 09/05/2019 ... Convergência Digital

A fintech Allgoo, em parceria com a Intel, desenvolveu uma solução que insere um modelo de comunicação escrita com linguagem natural, embarcada em seu robô advisor, que detecta o perfil de risco da pessoa que conversa sobre investimentos para fins de previdência privada. "Seremos apresentados em escala mundial como uma das parceiras de desenvolvimento de solução de rede neural para robôs de investimento," comenta o fundador e CEO da Allgoo, Luiz Macedo. A startup financeira, cujo site estará no portal da Intel, também terá acesso a recursos de capacitação técnica, oportunidades de cooperação em marketing e passa a ser considerada para parcerias e investimento da Intel Capital.

"Unimos forças com a Intel para desenvolver um projeto muito importante para o mercado de investimentos, e que ajudará diversas corporações a entender melhor o perfil de risco de seus clientes," explica o artificial intelligence solutions manager da Allgoo, Gustavo Gomides. Segundo o executivo, a aplicação da rede neural desenvolvida pela fintech na arquitetura Intel melhorou sensivelmente a performance das análises do sistema.

Análise de emoções

A Allgoo desenvolveu uma rede neural para teste dos serviços Intel, baseado em um projeto que vem trabalhando há mais tempo. Trata-se de um modelo de comunicação que insere o estado de espírito da pessoa que conversa sobre como investir com seu robô advisor de investimentos. Ao invés de fazer perguntas objetivas para classificar o investidor como conservador, moderado ou agressivo, por exemplo, a rede neural da Allgoo utiliza um modelo matemático capaz de perceber nuances do estado emocional do interlocutor.

Luiz Macedo explica que isso é possível porque a tecnologia, voltada para investimentos, opera por meio de linguagem natural e permite respostas livres ao invés de opções pré-determinadas. "O sistema analisa e classifica as respostas criando um ranking único para cada interlocutor. E, desta forma, define o perfil do investidor e suas tolerâncias a riscos," explica o CEO da Allgoo.

Gomides menciona que quando uma pessoa é confrontada com uma pergunta direta, seu estado emocional se altera. "Além disso, a forma como o questionamento é feito também influencia no estado de espírito do interlocutor e ao desenvolvermos uma forma mais natural de conversar, a solução consegue traçar melhor seu perfil", completa o executivo.

A solução foi concluída do ponto de vista científico e para os próximos passos estão a validação em operações reais de mercado de previdência privada, em maior escala, e o desenvolvimento do modelo comercial. "Importante lembrar que o perfil de risco de investidores, conhecido como suitability, é regulamentado e segue normas rígidas dos órgãos competentes, assim, no primeiro momento, essa rede neural ajudará a entender eventuais desenquadramentos de perfis e auxiliar na oferta assertiva de produtos", destaca Luiz Macedo

A Allgoo tem por foco desenvolver soluções usando técnicas de IA e isso foi reconhecido recentemente em relatório da Fisher e KPMG. A fintech já aportou sua expertise tecnológica em várias instituições financeiras, como bancos e corretoras de valores. O reconhecimento do mercado bancário também veio em 2018, quando a Allgoo foi selecionada como finalista do Prêmio Ideia ABBC da Associação Brasileira de Bancos por sua solução de Robô Advisor.

 


Cloud Computing
Embraer cria sistema de big data e analytics com AWS e Claranet

Companhia criou o IKON, sistema para captação, armazenamento e análise de alto volume de dados para manutenção preditiva de aeronaves da família E-Jets. Com o novo produto, a coleta automática de dados passou de 12 dias para um processo imediato, garantindo que os dados estejam prontos para serem analisados ​​5 minutos após sua geração na aeronave.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Arquitetura distribuída: uma tendência que vai chegar ao Brasil

Na China, conta Daniel Leung, chefe de Fintechs e Arquitetura na Forms Syntron, ao trocar a arquietura tradicional pela distribuída, um banco ficou apto a suportar até 100 milhões de contas correntes.

Adarsh Kumar, Capgemini: open banking é transformador, mas dados pertencem aos clientes

O open banking vai mudar o modelo de serviços bancários, afirma o CTO e líder de cibersegurança para a América Latina da Capgemini.

Bradesco: Next não vai 'matar' o banco tradicional

O diretor-presidente do Bradesco, Octavio de Lazari Junior, garante que os dois modelos de negócio irão conviver, mas admite que as agências físicas vão mudar de perfil. Também revela que o Next mira um público mais jovem.

Brasileiro quer dar adeus às senhas com o uso maior da biometria

Sonho de consumo, revelado em estudo da IDEMIA, é de usar biometria para pagamentos online e para acessar ambientes dentro da própria casa. Brasil desponta em primeiro lugar no uso da biometria pela impressão digital, mas despenca posiçoes no uso do reconhecimento facial.

Com novo aporte de US$ 150 milhões, Loggi é o mais novo unicórnio brasileiro

Startup voltada para entregas expressas atingiu valor de US$ 1 bilhão com nova rodada de investimentos. Empresa afirma que vai montar uma equipe com mais de 1000 desenvolvedores para ser referência mundial em Inovação.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G