Governo prevê isenção de taxas para Internet das Coisas e VSATs em 2021

Luís Osvaldo Grossmann ... 31/08/2020 ... Convergência Digital

A proposta de Orçamento da União para 2021 já incorpora a potencial aprovação dos projetos de lei que isentam os dispositivos da internet das coisas de pagamento das taxas dos Fistel, Condecine e da Contribuição de Fomento da Radiodifusão Pública. 

Como esclareceu o secretário de Orçamento Federal, George Soares, ao Convergência Digital, a PLOA 2021 traz uma previsão menor de arrecadação para garantir a aplicação dos PLs que tramitam na Câmara dos Deputados e no Senado Federal sobre o assunto. 

“Essa variação do Fistel foi considerada. É um valor de R$ 118 milhões por causa dos projetos de lei na Câmara 6549/19 e do Senado 349/18, que o Ministério das Comunicações apoia”, explicou Soares durante apresentação da proposta orçamentária nesta segunda, 31/8. 

Para o secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Vitor Menezes. "essa iniciativa do Ministério da Economia tem o potencial de acelerar grandemente a retomada econômica do Brasil após a pandemia, uma vez que vai permitir o aumento da produtividade e da competitividade de todos os setores da economia".

Como emendou o secretário de Orçamentp, a previsão é necessária do contrário mesmo se os projetos forem aprovados não haveria possibilidade de efetivar a isenção. “Os projetos têm apoio do governo, então foi retirado para ser possível utilizar. Porque toda  vez que tem renúncia, tem que ser previsto na peça orçamentária, do contrário mesmo com o projeto aprovado não poderia seguir à frente.”


Oi entra na disputa do mercado de marketplaces para consolidar marca de consumo

Plataforma OiPlace chega ao mercado com mais de 3 mil produtos. Tele também incluiu canal ao vivo no Oi Play, a partir da mudança da regra de conteúdo na Internet pela Anatel.

Em três meses, Anatel e PF apreendem mais equipamentos irregulares que em todo 2019

Somente entre julho e setembro deste 2020 foram 243,7 mil equipamentos sem certificação, entre baterias, carregadores, TV boxes, smartwatches e conversores digitais com Wi-Fi.

Reordenamento do uso dos postes tem custo estimado em R$ 20 bilhões pela Anatel

Montante seria o necessário para adequar o uso dos postes em 1,4 mil cidades com mais de cinco prestadores de telecomunicações. Agência reguladora também propõe a criação de um operador neutro para a resolução dos conflitos existentes com empresas de Internet e distribuidoras de energia.

Receita faz a maior apreensão de TV box piratas do Brasil

Mais de 60 mil aparelhos foram apreendidos, o que representa um prejuízo superior a R$ 50 milhões ao crime organizado.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G