NEGÓCIOS

Mercado de infraestrutura de TI desaba 15,2% em 2019

Convergência Digital* ... 14/04/2020 ... Convergência Digital


O mercado brasileiro de infraestrutura de TI registrou queda de 15,2% e faturou US$ 1,4 bilhões em 2019, revela estudo da IDC Brasil. E para 2020, a previsão é de uma queda de 8,5%. Salva o mercado de infraestrutura as aquisições de roteadores pelas empresas de Internet e pelas grandes operadoras para atender a demanda de home office por conta da pandemia de Covid-19.

“A queda era esperada. A mudança de governo impactou os negócios em 2019, principalmente no início do ano, com a expectativa da Reforma da Previdência. Mas, com o passar dos meses e a postergação da medida, empresas privadas e o próprio governo optaram por aguardar para voltar a investir”, explica Thomas Campos, analista de mercado da IDC Brasil.

Redes e Segurança foram, inclusive, os únicos segmentos a registrarem alta em 2019: o mercado de redes cresceu 4,4% e o de aplicações de segurança, 3%, na comparação com 2018. O faturamento, respectivamente, foi de US$ 659,9 milhões e US$ 219,7 milhões. Já os mercados de servidores e armazenamento externo tiveram queda de 10,6% e 5% com receita de US$ 482 milhões e US$ 301,3 milhões, respectivamente.

Para o analista da IDC Brasil, a preocupação com segurança começou a crescer com a proximidade da Lei Geral de Proteção de Dados, que entraria em vigor em agosto deste ano, mas foi adiada para janeiro de 2021 por conta da pandemia de covid-19. Esse segmento faturou US$ 61,6 milhões só no quarto trimestre de 2019, alta de 5,1% em relação ao mesmo período de 2018.

Já o setor de redes teve aumento devido ao maior investimento em roteadores por operadores regionais. “Existem milhares de operadoras espalhadas pelo interior do país e notamos um crescimento da demanda por esses equipamentos”, diz Campos. No quarto trimestre de 2019, por exemplo, os roteadores tiveram alta de 4,4%, na comparação com o mesmo período de 2018, e receita de US$ 80,8 milhões. O mercado de infraestrutura no último trimestre de 2019 registrou alta de 0,6%, com US$ 421,4 milhões de faturamento.

Para 2020, a IDC Brasil prevê grande impacto no mercado de infraestrutura de TI por conta da pandemia de covid-19. Até o momento, a expectativa é de queda de 8,5% na comparação com 2019. “Alguns projetos que deveriam ter acontecido em 2019 ficaram para 2020 e vão salvar o desempenho do primeiro trimestre. Mas no segundo trimestre o impacto será forte, o que vai puxar o mercado para baixo”, afirma Thomas Campos.

A previsão é de um cenário mais positivo para o segmento de redes, especialmente em roteadores para as grandes operadoras, por conta da alta demanda de home office durante o período de isolamento social. “No terceiro trimestre já podemos esperar uma retomada, mesmo que lenta, com uma normalização dos negócios no quarto trimestre”, finaliza o analista da IDC Brasil.


#apoieojornalismoespecializado é prorrogada até 31 de julho

Campanha foi estendida como agradecimento aos apoiadores: ABERT, ABES, Abinee, Abranet, Abratel, Abrint, ABTA, Algar, Assespro, Associação Neo,Brasscom, Brisanet, Cisco, Claro, Commscope, CPQD, Embratel Claro, Ericsson, F5, Feninfra, Fitec, Futurecom 2020, Highline, Huawei, Infobip, Intel, Kryptus, Mercado Livre, mobi2buy, PadTec,
Positivo Tecnologia, NIC.br, Oi, RNP, SAS, SindiTelebrasil, Stefanini,
Surf Telecom, Sky, Take, TelComp, TIM ,  Vero Internet, Viasat, Vivo e WDC Networks. 
A #apoieojornalismoespecializado une os veiculos - Convergência Digital, Mobile Time, Tele.Síntese, Teletime e TI Inside. Participe. Venha fazer parte do time que apoia o jornalismo especializado.

Stone que ir além das 'máquininhas', mas demite 1.300 para enfrentar crise do Covid-19

Empresa de meio de pagamentos quer investir em serviços financeiros e em ferramentas de vendas online. Em abril, a companhia, em parceria com o Grupo Globo, lançou a TON, voltada para trabalhadores autonômos.

Covid-19 fez produção da indústria eletroeletrônica recuar 9,1% em março

Abinee adverte que no mês de abril haverá uma nova queda, provavelmente ainda mais aguda, por conta das medidas de isolamento social.

#apoieojornalismoespecializado

Ação inédita une o Convergência Digital, o Mobile Time, o Tele.síntese, o Teletime e a TI Inside para uma campanha integrada para chamar a atenção para a relevância e o papel do jornalismo especializado setorial. O movimento é para financiar os esforços jornalísticos durante esse período de pandemia de Covid-19. Saiba quais são as empresas que já aderiram à nossa iniciativa e estão ajudando o jornalismo especializado.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G