Home - Convergência Digital

Existem mais de 2 mil vagas abertas para DevOps no Brasil

Convergência Digital* - 04/09/2019

No mundo, hoje, há pelo menos 60 mil vagas abertas para DevOps e no Brasil existem mais de 2 mil vagas disponíveis, afirma o gerente do Linux Professional Institute (LPI), Eduardo Lima. O executivo diz que o mercado busca por profissionais com uma visão geral de infraestrutura de tecnologia. O grande entrave por trabalhadores mais qualificados é que o DevOps exige uma formação que passa por saber programar e vai até o desenvolvimento de sistemas.

Em TICs, o DevOps é considerado uma das maiores mudanças culturais ao quebrar as barreiras entre os times de desenvolvimento e de operação para gerar melhor comunicação, integração e workflow, resultando em melhoria geral da performance empresarial em diversas companhias. "As corporações estão descobrindo os métodos ágeis para acelerar seus negócios. o DevOps é o caminho, mas hoje pouquíssimos profissionais estão certificados para ser um DevOps", afirma Lima.

No caso do Linux Professional Institute, o trabalho no Brasil é o de fomentar as certificações na área por meio de parcerias com empresas de treinamento. "Temos um vasto campo para atuar. As certificações favorecem muito nessa especialização do profissional a lidar com a tamanha diversidade de ações", acrescenta. 

O Gartner incluiu cloud, IoT, automação, machine learning, Edge Computing, DevOps, e Inteligência Artificial (IA) como as principais tendências para obtenção do passaporte das empresas para boas posições no ranking de atuação. A consultoria adverte, porém, que 75% dos líderes de Infraestrutura & Operações (I&O) não possuem habilidades, comportamentos ou presença cultural necessários para os próximos anos. Assistam a entrevista com Eduardo Lima, do Linux Professional Institute, feita para o especial Capital Humano, da Telebrasil.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

31/07/2020
Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

31/07/2020
Qualcomm defende faixa de 6GHz para não licenciados atenta ao 5G

30/07/2020
Anatel define se faixa de 6GHz será 100% não licenciada ou terá 500 MHz para as teles

30/07/2020
Abranet: faixa de 6GHz não licenciada vai aumentar a competição

20/07/2020
Mais de 300 vagas abertas em TIC para transformação digital

17/07/2020
4G LTE faz Neoenergia avaliar 5G para missão crítica no Brasil

14/07/2020
Transformação Digital vira pós-graduação no Departamento de Informática do CTC/PUC-Rio

08/07/2020
Abastecimento de PCs vai normalizar em setembro/outubro

08/07/2020
Positivo Tecnologia: "Falta PC para vender no varejo"

08/07/2020
Programa brasileiro de capacitação digital para a economia 4.0 abre inscrições

Trabalha com dados? Você precisa saber o que é o Lifelong Learning

Buscar o constante aprendizado é uma ferramenta essencial para qualquer profissional. Isso vale ainda mais para quem trabalha em uma área dinâmica e que requer pensamento holístico como o profissional de dados.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

TRT/SP rejeita cautelar das empresas de TI e cobra Convenção Coletiva 2020

O desembargador e vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2 Região, Rafael Edson Pugliese Ribeiro, em despacho, alerta que a falta de renovação da Convenção Coletiva 'é a falência do diálogo'. Convergência Digital publica a íntegra da decisão.

Microsoft muda alto escalão da AL e fica à espera de Rodrigo Kede,em litígio com a IBM

O presidente para a AL da Microsoft, Cesar Cernuda, e a brasileira Paulo Bellizia, vice-presidente de Vendas, Marketing e Operações para a região, oficializaram a saída da empresa. A computação em nuvem é pano de fundo no embate entre as gigantes.

Gestor de Tecnologia foi repaginado pela Covid-19

Os responsáveis por compliance, por digitalização e por suppy chain foram reconhecidos e estão à frente das ações das empresas e passaram a ter acento nos comitês de liderança, afirma o consultor da Russell Reynolds Associates, Márcio Gadaleta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site