INOVAÇÃO

Indústria financeira testa IA e machine learning para compliance e detecção de fraudes

Por Roberta Prescott* ... 13/03/2019 ... Convergência Digital

A abordagem da indústria financeira com relação à computação em nuvem mudou muito nos últimos cinco anos e as empresas do setor passaram a apoiar a transformação digital no uso de tecnologia e em serviços em nuvem, afirmou o líder da área de serviços financeiros na AWS Brasil, Douglas Silva, em palestra durante o Fico Fórum, que acontece nesta quarta-feira, 13/03, em São Paulo.

"Pouco se falava em transformação digital e as preocupações no passado eram outras. Muitas instituições tomaram a decisão de, não apenas comprar mais infraestrutura, como também construir seus grandes datacenters. Outras criaram suas clouds privadas para assegurar a segurança", observou o especialista da AWS. 

Cinco anos depois, os bancos usam serviços em nuvem para acelerar a transformação dos seus negócios. O pagamento pelo uso foi crucial para fomentar essa guinada. "Uma vez que a tecnologia está disponível, ela pode ser consumida em minutos e não mais em semanas; e as empresas focam no que é mais importante para a companhia."

Para Douglas Silva, bancos e seguradoras abraçaram a transformação digital ao observarem novas formas de risco emergindo. Também viram a possibilidade de, com a análise de dados, criar ofertas para os clientes e oportunidades de redução de custos em tempo real. Há, segundo o especialista da AWS, uma mudança das instituições de uma mentalidade focada em produtos para uma estratégia que passa a considerar o cliente e a jornada de experiência como prioridades de negócio.

Construir lagos de dados (data lakes) e estabelecer uma estratégia de análise de dados; transformar o core migrando para ambiente de nuvem alguns sistemas e liberando espaço para outros, resolver problemas de negócios com uso de inteligência artificial e machine learning também foram ações apontadas pelo especialista da AWS como impulsionadoras à indústria financeira.

"Temos vários experimentos em IA/machine learning, alguns em fase avançada", afirmou, citando como casos mais comuns nos quais a AWS tem ajudado os clientes, o compliance, o monitoramento e detecção de fraudes; o processamento de documentos; a precificação e a recomendação de produtos e experiência dos clientes e trading. 


Cloud Computing
Backup e arquivamento de dados pessoais são os maiores riscos à privacidade de dados

Nos próximos dois anos, as organizações que não revisarem as políticas de retenção de dados para reduzir o volume de informações armazenadas e, por extensão, os dados que são copiados, enfrentarão um enorme risco de não conformidade, bem como os impactos, no bolso, de uma eventual violação.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

DBServer: competitividade exige uma nova maneira de fazer software

Ao completar 25 anos, a companhia gaúcha investe em novas tecnologias, entre elas, Blockchain, com o lançamento, em setembro, de um projeto dedicado à área de saúde, conta Verner Heidrich.

Serviços de voz estão mais vivos do que nunca na jornada digital

Quem pensa que os serviços de voz serão secundários está cometendo um erro, pontuou Douglas Silva, executivo da AWS. "Acreditamos que nos próximos 24, 36 meses a voz vai evoluir de apenas serviço informacional para transacional".

Febraban: o céu é o limite para modelos de negócios com blockchain

A blockchain bancária é ainda uma produção pequena, mas é um marco para o setor, observa o diretor setorial de Tecnologia da Febraban, Gustavo Fosse. Sobre o Open Banking, a única certeza é que ele vai vir e já no ano que vem.

Distributed Ledger: open source e blockchain unem esforços

Para o diretor de DCX das Capgemini, Thiago Nascimento, a tecnologia de livro-razão (Distributed Ledger) será disruptiva e exigirá a interoperabilidade do setor financeiro.

AWS vira aceleradora virtual de projetos voltados à educação no Brasil

Iniciativa, que foi lançada há dois anos nos EUA, já destinou US$ 2 milhões para startups e empresas de tecnologias da área educacional. Prazo para a análise de um projeto é de 12 dias. "É para fazer acontecer mesmo", disse o country manager do setor público da AWS, Paulo Cunha.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G