INOVAÇÃO

União Europeia: Ética no uso da Inteligência Artificial não é um luxo

Convergência Digital* ... 08/04/2019 ... Convergência Digital

As empresas que trabalham com inteligência artificial precisam instaurar mecanismos para evitar o mau uso da tecnologia, assinalou o chefe digital da Comissão Europeia, Andrus Ansip, nesta segunda-feira, 08/04. De acordo com a Comissã Europeia, os projetos de IA devem ser transparentes, ter supervisão humana e algoritmos seguros e confiáveis, e precisam estar sujeitos a regras de privacidade e proteção de dados, entre outras recomendações.

A iniciativa da União Europeia abre caminho para um debate global sobre quando, ou se as empresas devem colocar preocupações éticas diante dos interesses comerciais, e quão rígidos os reguladores podem ser ao assumir novos projetos sem o risco de matar a inovação. “A dimensão ética da IA não é uma característica de luxo ou um complemento. É somente com confiança que nossa sociedade pode se beneficiar plenamente das tecnologias”, enfatizou Andrus Ansip.

A Inteligência Artificial pode ajudar a detectar ameaças de fraude e segurança cibernética, melhorar o gerenciamento de riscos financeiros e de saúde e lidar com as mudanças climáticas. Mas também pode ser usado para apoiar práticas comerciais inescrupulosas e governos autoritários. Ainda segundo a Comissão Europeia, as empresas e organizações interessadas em debater a IA mais ética podem se inscrever para um teste piloto em junho, após o qual os especialistas analisarão os resultados e a Comissão decidirá sobre as próximas etapas. A elaboração dos princípios contou com a ajuda de 52 especialistas acadêmicos, órgãos industriais e empresas, incluindo o Google, o SAP, o Santander e a Bayer.


Cloud Computing
Google Cloud, enfim, passa aceitar o pagamento em Real

Clientes novos e atuais do G Suite passam a pagar o serviço por dinheiro local ou cartão de crédito nacional. Empresa também passa a aceitar o pagamento via boleto, para se adequar ao Brasil.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Grupo Sabin usa Inteligência Artificial para monitorar cibercrimes

“Acompanhamos a LGPD desde o início porque trabalhamos com informações muito sensíveis”, sinaliza o gerente nacional de tecnologia, Edgar Moreira.

Banco Central: Inovação exige equilíbrio nada trivial entre pessoas, segurança e risco

O sistema perfeito inexiste e falhas vão acontecer, mas é obrigatório mitigar os riscos, sustenta o, ex-CIO e agora chefe de segurança cibernética da Autoridade Monetária, Marcelo Yared.

Crédito imobiliário ainda é desafio para digitalização

“Precisamos chegar lá. Mas nem a Estônia, que é considerado o país mais digitalizado do mundo, conseguiu”, lamenta o gerente nacional de soluções tecnológicas para habitação da CEF, Darlan Lins.

Ministério da Economia seleciona 105 startups para aceleração

Programa Inovativa Brasil, criado em 2013, oferece mentoria e contatos com potenciais parceiros. Primeiro ciclo de 2019 em 22/4.

Votorantim Cimentos leva iniciativa de IoT do Brasil para o mundo

O CIO da companhia, Humberto Shida, diz que a experiência com IoT para controle das betoneiras de cimentos foi validada e trouxe um retorno efetivo. Agora, o modelo nacional será replicado nos Estados Unidos.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G