Home - Convergência Digital

Graduação em Ciências de Dados terá 2610 horas

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 16/09/2019

A Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getulio Vargas (FGV EMAp), no Rio de Janeiro, lança no primeiro semestre de 2020 o curso de graduação em Ciência de Dados. O programa, dessa forma, fornece, base sólida para quem aspira trabalhar no mercado corporativo ou quer prosseguir na carreira acadêmica, como pesquisador.

A análise intensiva de dados e a geração de conhecimento para a tomada de decisões são competências hoje imprescindíveis. Segundo pesquisa da MIT Sloan Management Review, 60% das companhias entrevistadas promovem treinamento em ciência de dados e 50% considera que transformar insights analíticos em negócios é um de seus maiores desafios.

Ao longo do curso, os alunos terão contato com questões que envolvem o Aprendizado de Máquinas, Modelagem Estatística, Processamento de Linguagem Natural, Visualização; assim como aplicações em Epidemiologia, Economia e Finanças, entre outras. Um dos diferenciais da graduação em Ciência de Dados é a abordagem de um vasto repertório de conceitos, métodos e técnicas matemáticas, estatísticas e de computação, que capacitam os futuros profissionais a prestar assessoria e a fazer análises qualificadas, além de produzir, gerenciar e analisar grandes bases de dados. O curso visa, desta forma, a dotar os alunos de habilidades e competências necessárias para trabalhar em empresas de tecnologia, varejo, bancos de investimento, organizações não-governamentais, consultorias, empresas multinacionais, mídia e comunicação, além de carreiras em pesquisa.

"A nova graduação em Ciência de Dados oferecerá aos alunos uma trajetória inovadora para sua formação. Sendo o primeiro curso no Brasil nessa área, o objetivo é garantir a excelência da nossa graduação. Nossos alunos serão capacitados para, ao invés de somente utilizarem ferramentas e pacotes comumente disponíveis, aprenderem a criar suas próprias ferramentas analíticas através de ambientes de programação. Eles aprenderão todos os fundamentos matemáticos, estatísticos e computacionais necessários para exercer essa profissão moderna", destaca o professor Yuri Saporito, coordenador do curso.

A iniciativa da EMAp representa uma ponte fundamental entre a área acadêmica e o mercado de tecnologia e inovação empresarial. o corpo docente é formado por professores com doutorado e pós-doutorado em instituições que exercem liderança internacional na área e têm ampla experiência em pesquisas aplicadas, bem como em consultorias para empresas privadas e setor público.

Serão abertas 40 vagas para a primeira turma de Ciência de Dados – 32 vagas por meio do vestibular FGV e 8 vagas pelo ENEM. O curso é presencial e tem 2.610 horas (quatro anos de duração). As inscrições para o vestibular já estão abertas e se encerram no dia 8 de outubro. Devem ser feitas pelo site fgv.br/vestibular .

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/02/2020
NIC.br vai capacitar profissionais de provedores de Internet e administradores de redes

18/02/2020
Programa gratuito que ensina linguagens de programação para mulheres tem 70 vagas abertas

11/02/2020
Qualificar a mão de obra é mais do que urgente no Brasil

06/02/2020
AWS e SAS promovem Hackathon no Nordeste para desenvolver soluções para a Alexa

03/02/2020
IOS abre 2000 vagas para cursos gratuitos de formação profissional em TI

31/01/2020
Universidade carioca abre vagas para formar 'hackers do Bem'

14/01/2020
TIM Tec oferece 30 cursos online gratuitos voltados para TICs

06/01/2020
Singularity University realiza primeiro programa para líderes no Brasil

18/12/2019
95% dos executivos querem funcionários com habilidades digitais

06/12/2019
Governo investe R$ 22 milhões para capacitar novos programadores no Brasil

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

Faltam profissionais para cuidar dos ataques cibernéticos no Brasil

Ao publicar a Estratégia Nacional de Segurança da Informação, a e-ciber, o governo admite que o País possui poucos profissionais especializados em segurança cibernética; que há uma baixa conscientização dos usuários com relação ao tema e que é preciso urgente criar um programa nacional destinado à formação técnica nos órgãos do governo e nas empresas privadas.

TI e Internet lideram 13 dos 15 cargos profissionais em alta no Brasil

Levantamento feito pelo Linkedin mostra que gestor de redes sociais, engenheiro de cibersegurança, cientistas de dados e desenvolvedores seguem tendo alta demanda no mercado.

Déficit de mão de obra na América Latina será de 570 mil profissionais em 2020

Empresas da região vão investir nas tecnologias da terceira plataforma - cloud, analytics, Inteligência Artificial - e vão requisitar cada vez mais especialistas em programação e desenvolvimento, projeta estudo da IDC América Latina.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site