TELECOM

Anatel autoriza bloqueadores de frequências perto de Bolsonaro até 2022

Luís Osvaldo Grossmann ... 14/10/2019 ... Convergência Digital

A Anatel autorizou o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República a utilizar equipamentos Bloqueadores de Sinais de Radiocomunicações em qualquer lugar a até 200 metros de onde o presidente Jair Bolsonaro ou o vice Hamilton Mourão estiverem ou pretendam estar. 

O ato da agência, da superintendência de outorga e recursos prestação, foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda, 14/10, e tem validade até 31 de dezembro de 2022. 

Segundo ele, o uso desses equipamentos pode ser feito nos “locais e adjacências onde o Presidente da República e o Vice-Presidente da República trabalhem, residam, estejam ou haja a iminência de virem a estar, tanto dentro dos limites desses locais, até a uma distância de 200  metros em torno deles”.

A única ressalva é que “a utilização dos BSR’s deve restringir-se a operações específicas, episódicas, urgentes e temporárias, em que se identifiquem evidências concretas de risco potencial ou iminente de ações necessárias à preservação da segurança do Presidente da República e do Vice-Presidente da República”. 


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Telecom e TI derrubam setor de serviços em fevereiro

Volume caiu 1% frente a janeiro, com os serviços de informação e comunicações entre os principais destaques negativos. 

Oi libera franquia de dados para PME usar a plataforma Microsoft Teams

Empresa também disponibilizará, a partir do dia 10 de abril,  de forma gratuita, o serviço “Siga-me” para os telefones fixos dos seus clientes nas seguintes UFs: DF, GO, PR, SC e RS. No final do mês de abril, o serviço estará disponível para todo o país.

Claro defende troca de streaming por TV e aumenta prazo para inadimplentes

Em carta enviada à Anatel, operadora também promete parcelar dívidas e não cortar o serviço até 10 dias após o vencimento da faturas. Pequenas empresas em dificuldade poderão renegociar caso a caso. 

Oi terá 25 fazendas de energia renovável ainda em 2020

Tele ativou a primeira fazenda de energia solar em Francisco Sá (MG), com capacidade de gerar 350 mil kW/h por mês.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G