Convergência Digital - Home

TIM compra 1000 servidores Nokia/Intel para expandir o edge computing

Convergência Digital
Ana Paula Lobo* - 01/08/2019

A TIM fechou a compra de 1000 servidores AirFrame de última geração, com processadores Intel Xeon, lançados em abril deste ano, para expandir o projeto de virtualização de redes no Brasil. O acerrto entre as partes foi divulgado nesta quinta-feira, 01/08. Na teleconferência de resultados do segundo trimestre, realizada nesta quarta-feira, 31/07, o CTIO da operadora, Leonardo Capdeville, anunciou a expansão dos datacenters de 21 para 37 em todo o país até o final de 2021.

"Ter o edge computing é crucial para evoluirmos para o 5G. O edge computing reduz a latência e aumenta a velocidade e a estabilidade do uso de dados", afirmou o executivo. O montante investido na aquisição dos 1000 servidores Nokia AirFrame não foi revelado pelas partes. O contrato com a TIM é o primeiro fechado pela Nokia/Intel na América Latina. O servidor AirFrame foi apresentado em Barcelona, no Mobile World Congress, com aplicações de realidade virtual em 5G.

Indagado sobre o futuro dos datacenters, Capdeville disse que as unidades voltadas para TI é que estão sendo vendidas pelos seus concorrentes. "Investir em datacenters menores para edge computing é o futuro, especialmente, por conta das aplicações que vão surgir com o 5G", reforçou. Na prática, o edge computing permite que os dados sejam processados e armazenados em um servidor localizado no mesmo espaço onde foram gerados. Isso acaba evitando problemas de latência – termo utilizado para descrever o período em que os dados processados vão até a nuvem e voltam para o dispositivo, o que termina por gerar lentidão.

*Com informações da Assessoria da Nokia


Cientista de dados vai muito além de um analista de BI

São os cientistas de dados que têm capacidade de levar milhares de variáveis em consideração para definir a melhor tomada de decisão, pontua Luiz Malere, gerente de customer advisor e inovação do SAS.

Destaques
Destaques

Metade das empresas no Brasil não confia na própria análise dos dados

Levantamento da Serasa Experian mostra ainda que 42% das companhias brasileiras admitem perder dinheiro com a má qualidade das informações. Má governança é vista como um desafio a ser superado. O mais grave: mais de 70% destão sem estratégia para superar essa etapa.

Dataprev vai comprar Inteligência Artificial e exige uso da nuvem pública

Estatal de TI não revela o montante a ser pago, mas diz que contrato será de 24 meses e inclui capacitação técnica dos funcionários, no modelo de serviços por demanda. Propostas devem ser enviadas até o dia 20 de julho.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site