Convergência Digital - Home

Transformação digital não é levar aplicação para nuvem ou usar um chatbot

Convergência Digital
Por Ana Paula Lobo e Roberta Prescott - 18/10/2019

Dentro do mercado global de tecnologias da informação e comunicação (TIC), o Brasil se mantém no sétimo lugar, com US$ 97 bilhões investidos em 2018. "Estamos vendo gradativamente a transformação dos investimentos em infraestrutura em TI e neste momento estamos no ponto equilibrado, perto do que tem nos mercados mais maduros, que é meio a meio, com US$ 47 bilhões em investimentos em TI e US$ 50 bilhões em telecom", apontou Luciano Ramos, gerente de pesquisa de consultoria da IDC, durante a ABES Software Conference, realizada no dia, 14/10, em São Paulo .

Na relação investimentos em TICs e o Produto Interno Bruto (PIB), os 2,3% do Brasil estão acima dá média de 1,9% da América Latina, mas ficam abaixo do vizinho Chile (2,4%) e de mercados como os Estados Unidos, países da Europa e Japão, nos quais o porcentual varia entre 2,9% e 4,2%. "Temos espaço para melhorar e tornar nossas empresas mais inovadoras e competitivas", disse.

Tema bastante em evidência, a transformação digital, segundo Luciano Ramos, deve ser trabalhada sob diversos aspectos, incluindo, a transformação da liderança, do modelo de negócio, da fonte de trabalho e entregando uma experiência omnipresente aos clientes. A IDC estima que pelo menos 41% do PIB da América Latina vai estar digitalizado até 2021, com crescimento impulsionado por ofertas, operações e relações melhoradas digitalmente.

As companhias, como demonstrou o consultor da IDC, estão mais conscientes do que é transformação digital. Se no estudo da IDC de 2017, 74% das empresas afirmaram estar nos primeiros estágios da transformação digital, em 2018, esse porcentual subiu para 88%. "As empresas estão vendo que transformação digital não é apenas levar uma aplicação para nuvem ou lançar um aplicativo. Também já entendem que ter chatbot não é uso de inteligência artificial. Elas se tornaram mais críticas", completou.

Para Ramos, a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados, a partir de agosto de 2020, não será conflitante com a transformação digital. Com relação aos empregos, Ramos admite que o desafio é o de capacitar os empregaos para as novas funções que vão surgir. Assistam a entrevista com o consultor da IDC, Luciano Ramos.


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

CSU avança de empresa de BPO para uma companhia de tecnologia

Com diferentes atividades, entre elas, processamento de transações eletrônicas de meios de pagamento e serviços de relacionamento com clientes, a CSU contratou o NICE Nexidia para melhorar os resultados dos negócios com uma abordagem consultiva e analítica.

Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Destaques
Destaques

Eletrobras contrata Analytics para acelerar jornada digital

Estatal, responsável por 1/3 da capacidade elétrica do Brasil, quer usar os dados para manter as melhores práticas de governança e investir em IoT, chatbots e robôs.

Hospital Care vai às compras e reforça transformação digital

Com foco em fusões e aquisições no setor de saúde, a holding vem obtendo inúmeros ganhos de integração e sinergia entre as empresas adquiridas e suas diferentes soluções locais, passando a atuar por meio de um Centro de Serviços Compartilhados que provê serviços corporativos a todas as unidades do grupo. Empresa aposto no SAP S/4HANA.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.

O caminho da cibersegurança passa pela nuvem

Por Felipe Canale*

Com organizações cada vez mais distribuídas, manter dispositivos em todos os locais ou usar produtos diferentes para trabalhadores remotos cria inúmeras brechas de segurança, além de custar muito e sobrecarregar os recursos de TI.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site