Home - Convergência Digital

Google e Coursera oferecem certificado profissional de Suporte em TI

Convergência Digital* - 17/09/2019

O Google inicia o Certificado Profissional de Suporte em TI, curso desenvolvido pela empresa e hospedado no Coursera, plataforma de ensino on-line. Este programa faz parte do Cresça com o Google, iniciativa para ajudar os brasileiros a obterem as habilidades digitais necessárias para encontrar um emprego. O curso traduzido para o português, inicialmente anunciado a US$ 39 por mês, agora será oferecido por US$ 19, após um esforço do Google e do Coursera para garantir o acesso de brasileiros de todas as origens.

O curso foi projetado com o objetivo de preparar os alunos para um trabalho de nível básico em suporte de TI em aproximadamente seis meses. Nenhum treinamento ou experiência anterior é necessário. “Os laboratórios do programa são uma oportunidade para ganhar experiência prática. Isso te dá um gostinho do que é ser um profissional de suporte em TI”, diz a brasileira Sandra Massie, que fez o curso nos Estados Unidos. O Certificado Profissional de Suporte em TI ajudou Sandra a mudar sua carreira de gerente de um restaurante para consultora em TI de uma empresa americana.

Como parte desse lançamento, o Google está oferecendo bolsas a mais de 2 mil pessoas no Brasil graças a uma doação de R$ 4,5 milhões do Google.org, braço de filantropia do Google, à Junior Achievement Brasil (JA Brasil) para ajudar a comunidades carentes a terem acesso gratuito ao programa. A JA Brasil vai se juntar a outras organizações de sociedade civil e entidades governamentais com o objetivo de identificar pessoas em grupos prioritários, incluindo jovens, pessoas desempregadas, mulheres e negros, em vários Estados do Brasil, e fornecendo a eles uma bolsa de estudos. Os selecionados pela JA Brasil também receberão capacitação em habilidades complementares para estarem mais preparados para o mercado de trabalho.

Segundo dados do Hays Journal, considerando o cenário global para os próximos 10 anos, mais de 90% de oportunidades de emprego terão como requisito que os candidatos tenham conhecimentos digitais. Outro dado interessante é que pessoas com esse tipo de competência no currículo serão quatro vezes mais atraentes para as empresas em comparação com pessoas sem esse conhecimento.

De acordo com o índice de habilidades digitais apresentado no começo do ano pelo Google em pesquisa colaborativa com a McKinsey, o investimento em treinamento e desenvolvimento dessas habilidades pode acarretar em um aumento de R$ 70 bilhões no PIB do Brasil em 2025, correspondendo a um crescimento de 40% em renda. Quando o aluno concluir o curso, ele poderá optar por compartilhar suas informações diretamente com grandes empregadores que aceitaram considerar esses novos profissionais para vagas em suporte de TI, entre elas estão: Coca-Cola, Cognizant, Localiza, Magalu, Telhanorte, Tumelero, Rappi e Google entre outros.



Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/09/2020
Governo dos EUA prepara ação antitruste contra Google

26/08/2020
STJ rejeita mandados de segurança do Google contra Justiça do Rio de Janeiro

19/08/2020
Google, Claro, Oi, TIM e Vivo se unem, mais uma vez, contra WhatsApp

17/07/2020
Alpargatas adota rede social corporativa do Google e G Suite

16/07/2020
Em ação global, Idec pede ao CADE que investigue compra da Fitbit pela Google

14/07/2020
Justiça ordena Google a reativar sites da prefeitura de Poços de Caldas

10/06/2020
STJ transfere para agosto decisão de quebra de sigilo do Google Brasil

27/05/2020
Google abre temporada de cursos gratuitos sobre nuvem

11/05/2020
MPF pede ao Google para tirar do ar vídeo de pastor vendendo feijão como cura da Covid-19

05/05/2020
Justiça diz que Google não é obrigada a avisar que vídeo da Porta dos Fundos pode ofender religiosos

Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

A Escola Nacional de Administração Pública estima que, por conta da Transformação Digital, a automação deverá substituir cerca de 100 mil postos de trabalho no Serviço Público Federal nos próximos cinco a 10 anos, sendo que a metade deles terá menos de 50 anos.

Acordo trabalhista em Goiás será pago em Bitcoins

Em conciliação realizada pelo TRT de Goiás, empresa de mineração aceitou o pagamento no valor de R$350 mil convertidos na moeda eletrônica. 

Teletrabalho: Novo PL quer acordo prévio para custos com Internet e PCs

Iniciativa também não permite que o tempo de uso dos aplicativos, como o WhatsApp, fora da jornada normal, seja um regime de prontidão. Projeto tem regras distintas da IN 65 do Governo Bolsonaro para os servidores públicos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site