Home - Convergência Digital

Huawei diz que terá 5G sem componentes dos EUA

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 26/09/2019

O fundador e presidente-executivo da Huawei, Ren Zhengfei, disse nesta quinta-feira, 26/09, que a fabricante já está produzindo estações base da rede 5G sem componentes dos Estados Unidos e planeja mais que multiplicar a produção no próximo ano.  A partir de outubro, a empresa começará a produzir estações base de rede 5G. No próximo ano planeja fabricar cerca de 1,5 milhão de estações, revelou Ren Zhengfrei. 

A Huawei, maior fabricante mundial de equipamentos de telecomunicações, está na lista negra do comércio norte-americano desde maio, devido a receios de que seus equipamentos sejam usados por Pequim para espionar. A Huawei rejeita tais alegações, mas tomou medidas para minimizar o impacto. 

As sanções dos EUA cortam o acesso da Huawei a tecnologias essenciais dos EUA. A versão mais recente de seu principal smartphone, o Mate 30, lançado na semana passada na Europa, não virá com o Google Mobile Services. 

Ren Zhengfrei disse que a Huawei ainda gostaria de usar componentes dos EUA, se possível, porque tem “laços emocionais” com fornecedores norte-americanos de longa data. Neste mês, Ren disse que está aberto a vender a tecnologia 5G da empresa - incluindo patentes, código, projetos e know-how em produção - para empresas ocidentais por uma taxa única.

Nesta quinta-feira, ele foi mais longe, dizendo que a Huawei está disposta a licenciar sua tecnologia 5G para uma empresa norte-americana e que não tem medo de criar um rival ao disponibilizar sua tecnologia aos concorrentes.

* Da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/12/2019
Novo edital do 5G transforma ágio em obrigações, mas decisão fica para 2020

11/12/2019
Teles querem filtros nas parabólicas e 100 MHz adicionais no leilão 5G

09/12/2019
TRT-PR nega ataque hacker e responsabiliza software de storage da Huawei

09/12/2019
Ericsson assume culpa e fecha acordo de US$ 1,06 bi com a Justiça dos EUA

09/12/2019
Casa Civil oficializa entrada do 5G no Programa de Parcerias de Investimentos

09/12/2019
Huawei avança uso do Harmony, o seu sistema operacional

05/12/2019
Cloud Native: o que muda com a chegada do 5G

05/12/2019
Anatel decide dia 12 o modelo para 5G, sem mexer nas parabólicas

03/12/2019
Teles lançam site Fique Antenado! para incentivar instalação de antenas

03/12/2019
5G x Parabólicas: Teles defendem filtros. TVs migração para a banda Ku

Destaques
Destaques

Redes privadas no 5G impulsionam o crescimento econômico do País

“Nas quatro verticais indicadas pelo governo as redes privadas podem ter impacto forte. Por isso a abertura regulatória é muito importante”, defende a gerente da Qualcomm, Milene Pereira. 

5G já trouxe aumento de receitas para as operadoras

“Na Coreia, são 3,5 milhões de clientes em seis meses, 1 milhão com serviços de valor adicionado. Em apenas um trimestre as operadoras aumentaram as receitas em 2%”, afirma o diretor de soluções da Huawei, Carlos Roseiro. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site