NEGÓCIOS

Telecom em queda, TI em alta mexem no desempenho geral dos serviços

Convergência Digital ... 12/11/2019 ... Convergência Digital

Em setembro de 2019, o setor de serviços no Brasil teve crescimento de 1,2% frente a agosto. O acumulado no ano foi de 0,6%. Em termos trimestrais, observou-se crescimento de 0,6% no terceiro trimestre deste ano, quinto resultado positivo seguido neste tipo de confronto. O acumulado nos últimos 12 meses, ao passar de 0,6% em agosto para 0,7% em setembro de 2019, assinalou ligeiro ganho de ritmo, segundo anotou o IBGE na pesquisa divulgada nesta terça, 12/11.

O avanço de 1,2% no volume de serviços, observado na passagem de agosto para setembro, foi acompanhado por quatro das cinco atividades de divulgação investigadas: transportes e correios (1,6%), serviços profissionais, administrativos e complementares (1,8%), serviços prestados às famílias (0,8%) e de outros serviços (0,5%). 

Em contrapartida, os serviços de informação e comunicação (-1,0%) assinalaram a única taxa negativa de setembro, eliminando, portanto, parte do ganho de 2,3% acumulado entre julho e agosto.

Visto apenas os serviços de telecomunicações, o desempenho é negativo: houve recuou de 1,1% em setembro, depois de quedas em agosto (-1,7%) e julho (-1%). Como resultado, esse segmento acumula entre janeiro e setembro queda de 0,8% e de 0,6% em 12 meses. 

Já os serviços de tecnologia da informação reduziram o ritmo em setembro, tendo registrado alta de 10%, depois de crescer 16,4% e 18,7% em julho e agosto, respectivamente. Nos nove primeiros meses, a alta acumulada é de 13,7% (13,3% em 12 meses). 

Na comparação com igual mês do ano anterior, o volume do setor de serviços avançou 1,4% em setembro de 2019, tendo o ramo de serviços de informação e comunicação (2,2%) exercido “a contribuição positiva mais relevante em setembro de 2019, impulsionado, em grande medida, pelo aumento na receita das empresas de portais, provedores de conteúdo e ferramentas de busca na Internet; de desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis; de suporte técnico, manutenção e outros serviços em TI; e de edição integrada à impressão de livros”.


Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Serpro busca parceria com bancos para emissão de certificado digital

Chamamento público espera identificar oportunidades de negócios que fomentem a massificação das assinaturas digitais. 

Acesso Digital recebe aporte e entra na briga pelo mercado de Telecom

Empresa, criada em 2007, trabalha com reconhecimento facial e assinatura eletrônica, recebeu um investimento de R$ 580 milhões liderado por SoftBank e General Atlantic.

iFood compra SiteMercado e avança em entregas de mercadorias

Portal reúne vendedores em 476 cidades de 24 Estados do país. Valor do negócio não foi revelado.

PMEs do Brasil estão longe da maturidade digital

Estudo indica que 51% dos pequenos negócios estão em fase inicial de digitalização, o que deixa o Brasil na 18ª posição global nesse tipo de avaliação. Levantamento projeta que até US$ 9 bilhões, ou quase R$ 50 bilhões, podem



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G