Home - Convergência Digital

Huawei lança celular 5G na China e anuncia TVs inteligentes com IoS próprio

Convergência Digital - 26/07/2019

A Huawei fez, oficialmente, nesta sexta-feira, 26/07, o lançamento do primeiro smartphone com suporte a tecnologia de internet de quinta geração, o 5G. Chamado de Mate 20 X 5G, o celular estará disponível para venda em agosto no mercado chinês, com custo médio em torno de US$ 900, ou R$ 3600,00.

Com o terminal, é esperado que o governo chinês revele os planos para o 5G no País, especialmente, nos grandes centros, como Xangai, Pequim e Shenzhen. Fora do país, a venda do aparelho é incerta, já que a Huawei - apesar da bandeira branca do Trump e da pressão das próprias empresas de tecnologia norte-americanas -  segue na lista proibida do governo dos Estados Unidos, o que pode atrapalhar, entre outras coisas, a continuação do uso do sistema operacional do Google, o Android.

A fabricante também anunciou que, em breve, lançará smart TVs com o seu próprio sistema operacional, batizado de Hongmeng. A Huawei deu poucas informações sobre o Hongmeng, mas disse que ele não foi pensado para smartphones, mas, sim, para Internet das Coisas, e agora, para TVs. Em comunicado para mídia, o CEO de negócios de consumo da Huawei, Yu Chengdong, afirmou que o dispositivo será a evolução da TV digital, inaugurando uma era de telas inteligentes. Para isso, o sistema operacional, como já se esperava, será o Hongmeng, anunciado como próprio para IoT.

Entre as funcionalidades da SmartScreen estariam ser um centro de interação inteligente entre dispositivos, de experiência em diferentes telas, de controle IoT e de entretenimento audiovisual. A tela, de acordo com o executivo, poderá ser controlada pelo smartphone, terá recursos de compartilhamento e será equipada com chips desenvolvidos pela própria Huawei. Segundo com o CEO, a SmartScreen deve vir em tamanhos: de 55", 65 "e 75". O lançamento é esperado para setembro.

*Com agências de notícias

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/08/2020
Huawei dá o troco e Qualcomm alerta para o risco dos EUA perder muito dinheiro

06/08/2020
Huawei usa robôs em centro de distribuição no Brasil com uso do 5G industrial

09/07/2020
No Brasil, TIM nega descarte da Huawei para rede 5G

23/06/2020
Huawei: Brasil sempre teve um mercado aberto e justo no setor de TIC

21/05/2020
Huawei tem novo CEO para conduzir negócios no Brasil

18/05/2020
Huawei sobe o tom e diz que governo dos EUA é arbitrário

15/05/2020
EUA restringem vendas de chips para Huawei

14/05/2020
EUA usam Covid-19 para prorrogar por mais um ano restrições à Huawei

09/03/2020
Huawei: Teles e governo vão perder dinheiro se tomarem partido na guerra comercial

20/02/2020
Consumo alto de energia desafia o futuro dos data centers

Destaques
Destaques

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site