Home - Convergência Digital

TIM fecha acordo global com Nokia por IoT corporativa

Convergência Digital - 13/12/2019

A TIM fechou contrato com a Nokia para oferecer no Brasil serviços de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) por meio da solução WING (Worldwide IoT Network Grid). A solução, totalmente virtualizada de serviços gerenciados pela empresa finlandesa, permite que a TIM faça a expansão da oferta de serviços para seus clientes corporativos de indústrias, como automotiva e agrícola, viabilizando o desenvolvimento de aplicações de IoT mais rapidamente e com segurança. Os valores do acerto não foram revelados pelas partes.

"Queremos dar um salto no mercado de Internet das Coisas, impulsionando a participação da TIM no mercado corporativo. Estamos ansiosos para colaborar com outros players globais de IoT, a fim de trazer a melhor experiência possível para nossos clientes. A solução Nokia WING nos permitirá acelerar nossos recursos com novos modelos de negócios para atender às necessidades do mercado empresarial", afirma Alexandre Dal Forno, Head de Produtos Corporativos & Soluções IoT da TIM Brasil.

Considerado o maior mercado de IoT da América Latina, o Brasil deve injetar US﹩ 200 bilhões à economia até 2025* com a adoção generalizada de tecnologias de IoT. A TIM é a primeira empresa na América Latina a fechar um acordo com a Nokia para a oferta da solução WING, o que apoiará a operadora a aproveitar também novos modelos de negócios. Além disso, serviços incrementais, como gerenciamento e análise de dispositivos, ajudarão a TIM a estender os recursos de gerenciamento de SIM para criar oportunidades de valor agregado.

"Este acordo apoiará a TIM Brasil a fornecer a seus clientes corporativos serviços de IoT para atender às suas crescentes necessidades. Além disso, novas soluções de IoT poderão ser aplicadas em vários setores para ajudar as empresas no processo de transformação digital", celebra Sanjay Goel, presidente de serviços globais da Nokia. A WING permitirá que empresas locais e multinacionais se beneficiem dos serviços globais de Internet das Coisas. A solução possui uma arquitetura distribuída que mantém todas as informações do usuário no país, garantindo sua privacidade.

Com a solução, os clientes corporativos da TIM poderão monitorar e gerenciar em tempo real seus dispositivos, desde rastreamento de ativos e sensores de status para indústrias de logística até carros totalmente conectados com diagnóstico e telemática a bordo. Como parte da implantação, a plataforma Nokia IMPACT IoT, que simplifica o processo de trazer e dimensionar vários aplicativos em uma única plataforma, fornecerá gerenciamento de dispositivos de Internet das Coisas e exposição de APIs com novos serviços.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

25/09/2020
Relator no Senado propõe desoneração de IoT e VSats sem mudar texto da Câmara

21/09/2020
TIM avança na base da Claro e da Vivo em São Paulo

09/09/2020
Anatel: Teles precisam ser claras do que querem para Internet das Coisas

02/09/2020
TIM quer parceria com startups em uso de 4G ou IoT em soluções para o campo

31/08/2020
Governo prevê isenção de taxas para Internet das Coisas e VSATs em 2021

28/08/2020
TIM incentiva migração do 3G para 4G com troca diretamente pelo celular

28/08/2020
Economia promete zerar FISTEL para IoT no orçamento de 2021

27/08/2020
TIM ativa 4G,em 700MHz, em 66 cidades de São Paulo

27/08/2020
Governo italiano tem plano para reduzir controle da Telecom Italia em rede única de banda larga

25/08/2020
TIM: consolidação da Oi passa pelo equilíbrio de frequências com Claro e Vivo

Destaques
Destaques

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site