SEGURANÇA

Malware focados em IoT crescem 33%

Convergência Digital* ... 22/10/2019 ... Convergência Digital

Um relatório da empresa de segurança SonicWall com base em dados coletados de 1 milhão de sensores de segurança em operação em 215 países indicou uma queda de 15% no volume total de malwares, e de 5% de ransomwares, na comparação de janeiro a setembro de 2019 com 2018. 

No entanto, continua crescendo o volume de ataques que evadem tecnologias tradicionais de segurança, o que explica porque malware focado em internet das coisas, por exemplo, atingiu a marca de 25 milhões neste ano, um aumento de 33% em relação ao mesmo período de 2018.

Assim, no geral foram identificados 7,2 bilhões de ataques de malware e 151,9 milhões de ataques de ransomware nos nove primeiros meses do ano. Também caíram 32% os ataques de phishing. Mas, aponta a pesquisa, “de modo semelhante ao ransomware, os ataques de phishing estão sendo mais direcionados a executivos C Level, gestores de RH e líderes de TI”.

“O que os dados mostram é que os cibercriminosos estão se tornando mais sutis, mais direcionados e mais inteligentes em seus ataques”, conclui a pesquisa. Ela mostra ainda que ameaças criptografadas cresceram 58% nos três primeiros trimestres e que os ataques a aplicativos da Web aumentaram 37%. 


Ministério Público lança cartilha sobre golpes no WhatsApp

Documento reúne orientações como evitar o compartilhameento de códigos enviados por SMS ou habilitação do sistema de verificação em duas etapas. 

Zoom é isca em 99% dos ataques com ferramentas de ensino online

Segundo levantamento das empresas de segurança Kaspersky, em todo o mundo invasões desse tipo cresceram 20.000%. Brasil é o quinto país mais atacado. 

Ataques de phising crescem 600% na AL. Netflix é o alvo dos hackers

Campanha em nome da OTT se distribui por meio de um e-mail com o assunto "Alerta de notificação". A mensagem informa sobre uma suposta dívida acumulada em nome da vítima que pode levar à suspensão do serviço caso não sejam tomadas medidas rápidas.

Brasil sofreu mais de 2,6 bilhões de ataques cibernéticos no 1º semestre

Configuração incorreta de servidores é o principal responsável pela maior parte das tentativas de invasão, reporta estudo da Fortinet. Cai o número de tentativas de golpes usando a Covid-19.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G