Home - Convergência Digital

Por R$ 1,2 milhão, Claro fica com contrato de telefonia móvel para atender Anatel

Luís Osvaldo Grossmann - 09/10/2019

A Claro bateu as outras três grandes e ficou com o contrato de prestação de serviços de telefonia móvel para atender a Anatel durante os próximos 30 meses, por um total estimado de R$ 1,199 milhão – com a possibilidade de prorrogação pelo mesmo período. O contrato foi publicado no Diário Oficial desta quarta, 9/10.

O valo final representou um corte significativo sobre o lance inicial do pregão eletrônico, realizado em setembro, que começou em R$ 2,5 milhões – um pouco abaixo dos R$ 2,6 milhões que a Anatel tinha como valor de referência a partir de pesquisa de preços na preparação do edital. 

Nas cinco horas de disputa, Oi, Vivo, Tim brigaram lance a lance, até a casa do R$ 1,5 milhão, quando então a Claro baixou em mais de R$ 300 mil de uma vez e ficou com o melhor preço. O contrato envolve prestação de Serviço Móvel Pessoal, com fornecimento de dispositivos do tipo Smartphones, Modems USB e Tablets.  

O prazo de 30 meses começa a ser contado de 4/12/2019 e vai até 4/06/2022. O valor mensal estimado é de R$ 39.995,52, o qu

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

24/09/2020
Em um ano, mais do que dobra adesão de municípios ao Comprasnet

23/09/2020
LGPD: Anatel cria página para explicar quais dados são coletados de usuários de telecom

23/09/2020
Infraestrutura diz que contrato sem licitação com Serpro economiza R$ 45 milhões

21/09/2020
Governo amplia dispensa de autorização prévia para compras de TIC

18/09/2020
Anatel adota novas regras para Conselho de Usuários

17/09/2020
Oito anos depois, teles seguem brigando pela faixa de 450 MHz

17/09/2020
Anatel tem primeiro voto para permitir prorrogação das bandas A e B

15/09/2020
Claro tenta resgatar TV paga com planos alternativos a não clientes

15/09/2020
Claro: Três é bom, quatro é demais na telefonia móvel do Brasil

14/09/2020
Internautas reclamam da banda larga fixa da NET/Claro. Tele diz que serviço foi reestabelecido

Destaques
Destaques

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site