TELECOM

Anatel vai permitir que roteadores WiFi tenham potência maior

Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 22/05/2019 ... Convergência Digital

A Anatel está analisando uma proposta técnica para permitir que  os roteadores WiFi possam usar potência maior que a atual, equilibrando o que hoje é diferenciado a depender da faixa de frequência utilizada. E além de permitir que os equipamentos tenham um alcance maior dos sinais, também está em estudo a permissão para uso desses equipamentos em ambientes externos.

“Estamos avaliando aumentar a potência na faixa de 5150 a 5350 MHz. Hoje temos uma limitação de 200 miliwatts nessa faixa, limitando o uso apenas indoor, sendo que na faixa superior temos possibilidade de uso de até 1 Watt de potência”, revela o gerente de espectro da Anatel, Agostinho Linhares.

A mudança tem com objetivo evitar a variação da força do sinal que pode ser sentida nas residências quando há mudança do canal utilizado. “O usuário não fica sabendo de forma transparente por que, se mudar o canal, a cobertura dentro da casa pode diminuir quanto utiliza o 5 GHz”, explica.

“Então estamos avaliando a possibilidade de deixar esse limite de potencia flat, de tal forma que não tenha uma variação dentro da casa do usuário. E adicionalmente estamos avaliando fazer o uso outdoor dessa faixa, desde que não interfira nos outros serviços existentes”, completa o gerente de espectro.

A mudança faz parte da reavaliação da agência do regulamento que trata dos equipamentos de radiação restrita, que fazem uso de espectro não licenciado. Como lembra Linhares, essa destinação de uso já existe, mas é preciso ajustar as condições de uso da faixa.

Para que se materialize o efeito prático para os usuários, no entanto, provavelmente será necessário trocar os roteadores atuais por eventuais futuros equipamentos que estejam preparados para uso de potência maior do sinal.


Internet Móvel 3G 4G
Governo cria loja própria para evitar fraudes e unificar acesso aos apps

Iniciativa já conta com 40 aplicativos cadastrados na loja 'governo do Brasil', disponível na Play Store e Apple Store. Os mais baixados são os do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Prazo para questionar serviço não contratado de telefonia é dez anos

A decisão é da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça que entendeu aplica-se a esses casos o disposto no artigo 205 do Código Civil. Seguindo o voto do relator, ministro Og Fernandes, a corte aplicou ao caso o entendimento que resultou na Súmula 412 para as tarifas de água e esgoto.

Juiz manda CVM investigar compra e venda de ações da Oi

O juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, afirma na ordem encaminhada à Autarquia Federal que é 'preciso que se tentha conhecimento de toda e qualquer forma de capitação especulativa".

Procon-SP multa Sky em R$ 2,9 milhões por publicidade enganosa

De acordo com o órgão de defesa do consumidor, a operadora também efetuou cobranças de taxas de licenciamento do software, segurança de acesso e de locação de ponto adicional que são ações proíbidas pela Anatel.

Brasil terá um ganho de R$ 40 bilhões por uso de faixas milimétricas no 5G

Segundo projeções da GSMA, uso de faixas acima de 24 GHz será crescente até 2034 para manipulação remota, automação industrial e realidade virtual. Entidade recomenda, além dos 26 GHz, que o Brasil use 40 GHz e 66 a 71 GHz.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G