INOVAÇÃO

Comitê com 10 órgãos vai unificar apoio federal às startups

Luís Osvaldo Grossmann ... 22/11/2019 ... Convergência Digital

O governo federal criou um Comitê Nacional de Iniciativas de Apoio a Startups com 10 órgãos e o objetivo de unificar as políticas voltadas ao fomento de empresas iniciantes de base tecnológica. Esse novo comitê reúne os ministérios da Economia e Ciência e Tecnologia, Banco Central, BNDES, CNPq, Embrapa, Finep, ABDI, Apex e Sebrae. 

“O governo tem duas maneiras de incentivar as startups, com o fomento clássico e com a redução de barreiras regulatórias. O Comitê atua na primeira frente, reunindo instituições com pelo menos uma iniciativa nessa área. A ideia é permitir uma articulação mais efetiva, evitar duplicação de esforços e garantir que todos os estágios de desenvolvimento de uma startup sejam contemplados”, afirma o diretor de ecossistemas inovadores do MCTIC, Otávio Caixeta. 

Uma ação na segunda frente deve se materializar até o fim do ano, com a apresentação de uma proposta de projeto de lei construída a partir de uma consulta pública realizada em meados deste 2019 sobre o ambiente específico das empresas iniciantes, que misturam novos arranjos produtivos a investimentos de alto risco. 

Além de articular as iniciativas no âmbito federal e promover boas práticas, caberá ao novo comitê “disponibilizar e atualizar plataforma em formato digital com registro de iniciativas públicas de apoio a startups”. Segundo o diretor de ecossistemas inovadores, trata-se de um canal unificado que deve estar disponível no início de 2020. 

“Hoje, é preciso ir buscando de agência em agência, em cada órgão federal envolvido no tema, pelas iniciativas de apoio às startups. O objetivo aqui é ter um canal único com a sociedade e com esse ecossistema para facilitar as informações”, completa Otávio Caixeta. 


Cloud Computing
SentinelOne libera gratuitamente proteção de endpoint com IA para trabalho remoto

Solução,nativa da nuvem, serve para enfrentar a rápida disseminação do Covid-19 e ajudar empresas a manter redes seguras mesmo com os usuários em home office e usando seus próprios dispositivos.

Governo seleciona entidades para compor GT de propriedade intelectual

Grupo Interministerial de Propriedade Intelectual, originalmente parte da Camex e agora sob tutela do Ministério da Economia, terá 10 representantes da sociedade civil. 

BC cria grupo de trabalho para implantar open banking até novembro

GT será formado por representantes do próprio BC, por associações de Internet como Abranet e Câmara-e.net, Febraban (grandes bancos); Abecs e Abipag (empresas de pagamentos); ABBC (bancos médios); OCB (cooperativas), ABCD e ABFintech (fintechs).

Aceleradora busca start-ups e projetos no setor de Cannabis no Brasil

The Green Hub realiza o Cannabis Thinking, para fomentar o desenvolvimento de projetos criativos. Em março, acontecerá o Demo Day.

BC contrata Dinamo Networks e faz acontecer o pagamento instantâneo

Autoridade Monetária selecionou a fornecedora brasileira para comprar 22 HSMs, voltados à segurança das transações por R$ 1,350 milhão. Todo o software usado é desenvolvido no Brasil. Nova infraestrutura pode ser a pá de cal nos cartões de débito, TEDs e DOCs.

Oi Futuro e Sebrae lançam edital de aceleração para empreendedores

Startups terão acesso a espaço de coworking e poderão ganhar prêmios de até R$ 25 mil. Iniciativa terá seis meses de duração e reúne mentorias, consultorias e workshops.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G