Convergência Digital - Home

Brasil adere à plataforma Blockchain para portos na América Latina

Convergência Digital
Convergência Digital* - 25/10/2019

A IBM anunciou mais de 50 portos e terminais de diferentes países da América Latina estão trabalhando com o TradeLens, uma plataforma digital criada pela IBM e Maersk baseada em Blockchain. Com cinco das seis maiores linhas globais de transporte de contêineres, representando mais da metade da capacidade global de embarcações, o TradeLens permite a colaboração entre parceiros comerciais, gerando mais eficiência e insights em toda a cadeia global de comércio, digitalizando os fluxos de documentação comercial.

Segundo o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), cerca de 90% do comércio mundial tem um porto como origem e destino. A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) indica que, em 2018, a atividade dos principais portos de contêineres da América Latina ultrapassou 53 milhões de TEUs, medida para calcular o volume de contêineres e unidade equivalente a 20 pés, atingindo quase 10% da produção mundial.

"Nas últimas décadas, a região experimentou um avanço na operação de seus portos, aumentando a eficiência operacional em mais de 20%. No entanto, ainda estamos longe de países mais avançados", afirma Natalia de Greiff, vice-presidente de Cloud and Cognitive Software da IBM América Latina. "Estamos trazendo o TradeLens para nossa região para continuar nesse caminho de crescimento, usando IBM Blockchain em IBM Cloud para posicionar a América Latina nas grandes ligas comerciais do mundo".

O TradeLens reinventa toda a cadeia de comércio, interligando exportadores, linhas de navegação, operadores portuários e terminais, transporte terrestre e autoridades alfandegárias, através do acesso em tempo real a documentos de envio de dados, o que traz mais eficiência operacional e análise de eventos em tempo real. Atualmente, o TradeLens processa cerca de 10 milhões de eventos por semana.

No Porto de Santos, um dos maiores complexos portuários da América Latina, responsável pela movimentação de cargas de um terço das bolsas comerciais brasileiras, o primeiro parceiro, Santos Brasil, integrou-se ao TradeLens para gerar insights sobre os mais de 1,6 milhões de TEUs que seu terminal 'Tecon Santos' está previsto para entrar em operação ainda este ano.


Destaques
Destaques

Governo negocia para transformar Foz do Iguaçu em zona franca para datacenters

O secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Elisio de Menezes, conta que negocia a incorporação dos datacenters em uma classe especial para consumo de energia, ativo que mais encarece as operações no Brasil.

Disseminação de serviços em nuvem puxa investimentos globais em TI

Segundo projeções da consultoria Gartner, gastos devem bater em R$ 15 trilhões neste ano e crescer 3,7% em 2020, puxados por cloud computing. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site