Home - Convergência Digital

'Dados do bem', para combate à Covid-19, une TIM e rede Open D'Or

Convergência Digital* - 26/06/2020

A TIM celebrou o segundo ano de parceria com o Open D'Or Healthcare Innovation Hub, iniciativa do Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) em conjunto com a Rede D´Or São Luiz para fomentar o empreendedorismo e a inovação aberta na saúde. Pelo acordo, a TIM disponibiliza a conexão para o espaço de coworking e laboratório de inovação, viabilizando o desenvolvimento de projetos como o "Dados do Bem", aplicativo de monitoramento epidemiológico desenvolvido pelo IDOR e Zoox Smart Data, que permite a criação de mapas de distribuição da Covid-19, a identificação de concentração de transmissão e a análise da evolução da imunidade na população.

A parceria faz parte do Programa de Open Innovation da operadora, que garante a conexão da rede 4G TIM no Living Lab, um simulador de ambiente hospitalar que permite as startups ligadas ao hub possam testar suas soluções de forma segura e supervisionada por profissionais da área, além de ser um espaço de co-criação e demonstração de novas aplicações. A operadora também fornece para o projeto ferramentas essenciais para a criação de aplicações de Internet das Coisas, como o NB-IoT, plataforma destinada a conexão de dispositivos que exigem uma capacidade menor de transmissão de dados e com baixo consumo de energia.

"A TIM tem a inovação como um de seus pilares mais importantes e é protagonista no ecossistema de inovação brasileiro. Neste momento de desenvolvimento digital na saúde mundial, a nossa parceria com o IDOR se torna ainda mais importante por ter um impacto direto na criação de soluções que vão nos ajudar a superar uma das principais crises sanitárias dos últimos tempos", afirma Renato Ciuchini, Head de Estratégia e Transformação Digital da TIM Brasil.

Com a crescente demanda de dados, resultado do distanciamento social para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, a TIM viu a demanda do Open D'Or dobrar por causa do aumento no tráfego da rede necessário para o desenvolvimento de soluções voltadas para o combate à COVID-19.

Criado por pesquisadores, infectologistas e equipe de cientistas de dados, o "Dados Do Bem" é uma das ferramentas lançadas durante o período e combina inteligência epidemiológica e big data. Nele, o usuário preenche um cadastro e responde a um simples questionário de autoavaliação, com perguntas sobre sintomas associados à Covid-19 e histórico de saúde. Uma amostragem das pessoas cujas respostas ao questionário apontarem para uma alta probabilidade de Covid-19 deverá ser chamada para a realização de testes imunosorológicos.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/08/2020
Por acordo com Anatel, TIM começa a ressarcir R$ 4 milhões em cobranças

31/07/2020
Ultrafibra da TIM chega ao Distrito Federal

30/07/2020
TIM espeta Highline: Transformar Oi em várias MVNOs não ajuda o cliente

27/07/2020
TIM permite acumular franquia de dados no pós-pago TIM Black

21/07/2020
TIM fecha contrato de RAN para os próximos três anos

20/07/2020
TIM Live ultrapassa marca de 600 mil clientes

17/07/2020
TIM lança desafio para startups com soluções de IoT voltadas ao agronegócio

10/07/2020
TIM avança com proposta de conta digital única para as teles

10/07/2020
TIM e C6 Bank combinam pacote de dados e cartão sem anuidade em nova oferta

09/07/2020
No Brasil, TIM nega descarte da Huawei para rede 5G

Destaques
Destaques

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site