TIM acaba com acesso grátis às chamadas de voz e vídeo do WhatsApp e Messenger

Ana Paula Lobo ... 08/07/2020 ... Convergência Digital

A TIM decidiu criar limitação no acesso grátis ao WhatsApp e ao Messenger na sua carteira de clientes. Em comunicado aos seus clientes e assinantes, a operadora informa que a partir de 31 de julho, as chamadas de voz e vídeo realizadas por meio de WhatsApp e Messenger passarão a ter o tráfego de dados descontado dos pacotes de Internet de cada plano.

A operadora afirma que o envio de mensagens de texto, fotos, vídeos e áudios nesses aplicativos segue ilimitado nos OTTs. Reitera ainda que os planos oferecem ainda ligações ilimitadas locais e DDD (com uso do código 41) para números de qualquer operadora do Brasil.

O zero rating para os OTTs foi adotado na TIM em 2015, quando Rodrigo Abreu, agora CEO da Oi, presidia a operadora. Houve muita contestação e tentou tirar a opção no Marco Civil da Internet, mas o CADE decidiu que o zero rating não feria a competição. Em 2016, o acordo foi cancelado, mas voltou em 2017 e seguiu até julho deste ano, quando voltam as restrições para algumas funcionalidades como as chamadas de voz e vídeo no WhatsApp e no Messenger.

Abaixo o comunicado oficial da TIM:

A empresa informa que começou a comunicar seus clientes de diferentes segmentos, seguindo o prazo regulamentar, sobre mudanças no uso dos aplicativos de mensagem inclusos promocionalmente nas ofertas, conforme descrito no regulamento das mesmas. A partir de 31 de julho, as chamada de voz e vídeo realizadas por meio do WhatsApp e Messenger passarão a ter seu tráfego de dados descontado dos pacotes de internet de cada plano. O envio de mensagens de texto, fotos, vídeos e áudios nesses aplicativos segue ilimitado e os planos oferecem ainda ligações ilimitadas locais e DDD (com uso do código 41) para números de qualquer operadora do Brasil.*


Internet Móvel 3G 4G
TikTok e WeChat decidem enfrentar o governo de Donald Trump

Empresas afirmam que vão usar todos os recursos disponíveis para garantir o Estado de Direito. O governo Trump proibiu o uso dos aplicativos chineses. Medida entra em vigor em 45 dias.

Anatel recria 10 colegiados após extinção por Decreto presidencial

Uso do Espectro, Defesa dos Usuários, Prestadoras de Pequeno Porte, Aferição da Qualidade, Ofertas de Atacado, Acompanhamento de Redes são alguns dos grupos reestabelecidos pela agência. 

Reclamações contra oferta de banda larga crescem 40% com a quarentena da Covid-19

Queixas na Anatel cresceram especialmente a partir de março. No conjunto dos serviços, agência recebeu 1,52 milhão de reclamações entre janeiro e junho. Também houve um aumento de 20% com relação à telefonia móvel.

Oi quer corte de dívida com Anatel por desequilíbrio na concessão

“Tem que fazer um PGMU mais leve para que a gente possa respirar”, defende a diretora regulatória, Adriana Costa. Anatel esclarece que concessão não é sinônimo de lucro garantido. 

Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

Para o diretor da Huawei Brasil, Carlos Lauria, a reserva técnica é a melhor garantia para aguardar a evolução da tecnologia. "Se der tudo agora, não tem como voltar atrás depois", observa o executivo.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G