Home - Convergência Digital

Huawei diz que terá 5G sem componentes dos EUA

Convergência Digital* - 26/09/2019

O fundador e presidente-executivo da Huawei, Ren Zhengfei, disse nesta quinta-feira, 26/09, que a fabricante já está produzindo estações base da rede 5G sem componentes dos Estados Unidos e planeja mais que multiplicar a produção no próximo ano.  A partir de outubro, a empresa começará a produzir estações base de rede 5G. No próximo ano planeja fabricar cerca de 1,5 milhão de estações, revelou Ren Zhengfrei. 

A Huawei, maior fabricante mundial de equipamentos de telecomunicações, está na lista negra do comércio norte-americano desde maio, devido a receios de que seus equipamentos sejam usados por Pequim para espionar. A Huawei rejeita tais alegações, mas tomou medidas para minimizar o impacto. 

As sanções dos EUA cortam o acesso da Huawei a tecnologias essenciais dos EUA. A versão mais recente de seu principal smartphone, o Mate 30, lançado na semana passada na Europa, não virá com o Google Mobile Services. 

Ren Zhengfrei disse que a Huawei ainda gostaria de usar componentes dos EUA, se possível, porque tem “laços emocionais” com fornecedores norte-americanos de longa data. Neste mês, Ren disse que está aberto a vender a tecnologia 5G da empresa - incluindo patentes, código, projetos e know-how em produção - para empresas ocidentais por uma taxa única.

Nesta quinta-feira, ele foi mais longe, dizendo que a Huawei está disposta a licenciar sua tecnologia 5G para uma empresa norte-americana e que não tem medo de criar um rival ao disponibilizar sua tecnologia aos concorrentes.

* Da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/10/2020
EUA pressionam Brasil a banir Huawei em troca de financiamento para 5G

19/10/2020
NASA leva 4G e projeta 5G na Lua

15/10/2020
5G: Teles insistem em filtro nas parabólicas e rejeitam migração da TV

14/10/2020
Curso online gratuito da Huawei sobre 5G é agendado para 15 de outubro

14/10/2020
Sem antenas, Belo Horizonte pode ficar sem 5G

09/10/2020
TIM e TIP, liderado pelo Facebook, criam ambientes de testes OpenRAN na Inatel

08/10/2020
TIM: 5G do marketing chega logo, 5G de verdade, só depois do leilão

07/10/2020
Oi segrega frequência do 3G para entrar na disputa do 5G

05/10/2020
Área técnica da Anatel prevê cinco blocos de 80 MHz para leilão 5G

05/10/2020
Nos EUA, FCC vence round contra teles por faixa de 6GHz para Wi-Fi

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site