SEGURANÇA

Esperar a Autoridade de Dados é um erro das empresas no Brasil

Luís Osvaldo Grossmann ... 04/12/2019 ... Convergência Digital

A demora na criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados prejudica a implementação das obrigações previstas na Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/18), mas não pode servir de desculpa para a preparação das empresas. Em menos de duzentos dias úteis, a lei entra em vigor e os titulares dos dados a contar com os direitos nela previstos. 

“É importante a gente entender que apesar de não existir a ANPD, a legislação é bem robusta e traz uma série de obrigações. Já tem uma gama de obrigações que é preciso cumprir. Ou seja, em alguns aspectos depende da ANPD, mas em outros não. É uma legislação genérica, porém muito específica”, alerta a advogada sênior da Serasa Experian, Lia Cunha. 

Tema de destaque durante o 7º seminário Cyber Security – Gestão de Risco no Governo, promovido pela Network Eventos em Brasília, a LGPD demanda trabalho de empresas de todos os portes. “Já teríamos três pilares a respeitar. As hipóteses de tratamento, ou seja, se recebo um dado, tenho que justificar, achar uma das dez hipóteses que justifique aquele tratamento. Segundo ponto, os princípios. Tem dez princípios que já é preciso cumprir, independentemente de regulamentação. E terceiro ponto, os direitos do titular. Desde já é possível olhar para esses pilares e começar um projeto de adequação, que não é curto. Empresa, grande ou pequena, tem que respeitar esses pilares e já está passando da hora de começar o trabalho.”


Cibercrime usa Coronavírus para roubar dados pessoais no WhatsApp

Golpe oferece suposto kit gratuito com máscara e álcool gel - a ser dado pelo Governo Federal - para atrair as pessoas mais nervosas em relação à pandemia.

Internet segura: RNP debate como massificar a proteção digital

"Quem sou eu na Internet" é o tema da 14ª edição do Dia Internacional de Segurança em Informática (DISI), que acontecerá no dia 13 de março, no Rio de Janeiro, com a presenças de especialistas em segurança da informação.

Novo golpe usa validação para sequestrar contas do WhatsApp

Especialistas alertam que os criminosos enviam uma mensagem através do app ou de um SMS por meio do qual um contato (também vítima do golpe) menciona que, sem querer, um código de verificação de seis dígitos (que, supostamente, não era dirigido a ela) foi enviado para o seu telefone e solicita que a mensagem seja reenviada com o código.

Dell vende RSA por US$ 2,08 bi e se desfaz de mais um ativo da EMC

Empresa de Michael Dell abriu mão da unidade de segurança cibernética e repassou o controle para um consóricio liderado pela Symphony Technology Group.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G