Home - Convergência Digital

Blackberry processa Facebook, WhatsApp e Instagram por patentes

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 06/03/2018

A canadense Blackberry apresentou nesta terça, 6/3, uma ação contra o Facebook, Whatsapp e Instagram, acusando a rede social e suas subsidiárias de terem infringido patentes relacionadas a aplicativos de mensagens. A empresa alega que o produto proprietário Blackberry Messenger, ou simplesmente BBM, serve de alicerce para os aplicativos. 

Na ação, a Blackberry diz que suas patentes cobrem técnicas criptográficas para proteção da privacidade dos usuários, para jogos e mensagens em dispositivos móveis e até elementos de interface, como designs de notificações e apresentação das mensagens. 

* Com informações da The Verge

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/11/2019
Atraso para entrega de patentes no Brasil está em 6,6 anos

24/10/2019
Entidades fazem consulta pública sobre regulação de plataformas na internet

23/10/2019
Google, Facebook, Twitter e WhatsApp aderem a programa anti fake news do TSE

22/10/2019
Nos EUA, 46 de 50 estados investigam Facebook

18/10/2019
Juiz acusa Facebook de 'cinismo' ao condenar a rede social

17/10/2019
Facebook sofre novo processo do Ministério da Justiça e pode pagar multa de até R$ 10 milhões

03/10/2019
Países da Europa podem exigir que Facebook remova conteúdo globalmente

01/10/2019
Propaganda no Google e Facebook abre debate ético entre advogados

27/09/2019
Justiça rejeita queixa da OLX contra o Facebook por uso indevido da marca

26/09/2019
Informação sigilosa pelo WhatsApp caracteriza justa causa para demissão

Destaques
Destaques

5G exige políticas públicas e apoio do Governo

Como ressalta o diretor de relações governamentais da Huawei, Carlos Lauria, investimentos pesados em infraestrutura de redes envolvem políticas públicas em qualquer país. 

Redes privadas no 5G impulsionam o crescimento econômico do País

“Nas quatro verticais indicadas pelo governo as redes privadas podem ter impacto forte. Por isso a abertura regulatória é muito importante”, defende a gerente da Qualcomm, Milene Pereira. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site