INOVAÇÃO

Biometria é o ‘empurrão do governo’ para aumentar a bancarização

Por Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 26/06/2019 ... Convergência Digital

A experiência da Índia no processo de inclusão bancária da população tem lições importantes que podem ser aproveitadas pelos brasileiros, assinalou o diretor-geral da Tata Consultancy Services no Brasil, Tushar Parikh, durante o CIAB Febraban. Segundo ele, empurrão governamental e sistemas de identificação por biometria fazem grande diferença.

“Na Índia, o governo teve um papel muito importante para a inclusão financeira. E esse mesmo caso pode ser aplicado ao Brasil, com o mercado financeiro, junto ao Banco Central, ao governo, para criar maior bancarização. Na Índia, o plano aumentou em até 80% a bancarização”, afirmou o executivo.

Ele lembra que já está em curso por aqui um processo de identificação baseado na biometria. “O Brasil trabalha na identificação única. Na Índia, esse programa de inclusão financeira se beneficiou da identificação única, porque, se cada banco tivesse a sua, seriam mais de 1,9 mil.”

Um impulso vem da demanda não apenas de acesso aos bancos em si, mas de programas governamentais. “Isso ajuda a criar uma bancarização dos cidadãos de baixa renda, porque os benefícios chegam também ao acesso a programas governamentais mesmo onde não há bancos”.  Assistam à entrevista.


Laura, a IA nacional que já salvou 12 mil vidas, entra no combate ao Coronavírus

Tecnologia será disseminada em todo o Brasil, depois de um acordo com o governo federal. Em setembro do ano passado, no Rio Info 2019, o Convergência Digital entrevistou um dos idealizadores da Laura.

Brasil precisa formar massa crítica de empreendedores para inovação

A posição é defendida pelo CEO da Fábrica de Startups, Hector Simões, que tem como meta se tornar o maior hub de inovação do Rio de Janeiro.

Investimentos em fintechs disparam para R$ 7,6 bilhões no Brasil

Aportes triplicaram puxados pela injeção de R$ 1,9 bilhão no Nubank e R$ 1,6 bilhão no Banco Inter.  Brasil ocupa o quinto lugar entre os maiores centros de captação de fundos de fintechs no mundo.

Governo seleciona entidades para compor GT de propriedade intelectual

Grupo Interministerial de Propriedade Intelectual, originalmente parte da Camex e agora sob tutela do Ministério da Economia, terá 10 representantes da sociedade civil. 

BC cria grupo de trabalho para implantar open banking até novembro

GT será formado por representantes do próprio BC, por associações de Internet como Abranet e Câmara-e.net, Febraban (grandes bancos); Abecs e Abipag (empresas de pagamentos); ABBC (bancos médios); OCB (cooperativas), ABCD e ABFintech (fintechs).



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G