GESTÃO

Banco Votorantim transcreve 60 mil ligações para melhorar análise de informações

Por Roberta Prescott ... 11/06/2019 ... Convergência Digital

Como parte da jornada para a transformação digital, o Banco Votorantim levou a cabo a transcrição de todos os áudios que passam pelo banco. O projeto, intitulado "Speech to text", começou em 2017 com a transcrição de 6 mil ligações. Neste ano, o banco chegou a 60 mil ligações, e a meta é transcrever 120 mil até o fim do ano. Com isto, o banco consegue analisar e monitorar as informações contidas em todas as ligações de call center.

O principal objetivo foi melhorar o atendimento ao cliente, explicou André Mattos, líder de Engenharia de Dados do Banco Votorantim, durante apresentação do caso no CIAB, congresso de tecnologia da informação para instituições financeiras que ocorre de 11 a 13 de junho, em São Paulo.

"Começamos pequeno; fomos vendo se aquilo fazia sentido, fomos validando e, rapidamente, conseguimos escalar de 6 mil para 60 mil ligações e aumentamos o provisionamento", disse. Toda capacidade de processamento é na nuvem e, quando acaba a transcrição, a máquina é desligada. "Temos governança para armazenar os dados e estamos em compliance com a LGPD", assegurou.

Mattos explicou que o Banco Votorantim também tinha a necessidade de lidar com ambientes diversos de dados que fossem configuráveis. "Existem tipos diversos de dados; e os dados estruturados representam apenas 20% dos dados que trafegam nas organizações. O restante, 80%, é voz, documentos diversos espalhados dentro da corporação. Como tratar os dados de forma mais efetiva? Vou ter de ter datacenter para guardar tudo?", questionou.

O executivo do Votorantim ressaltou que a transformação digital passa por ter um ambiente de dados configurável. "Meu princípio é cloud first, mas não é todo workload que faz sentido estar em cloud. Tem de ter ambiente configurável", disse. A decisão sobre o que vai e não vai para armazenamento em nuvem leva em consideração os custos envolvidos, o time-to-market e os requisitos de segurança da informação e segurança de dados.
 


Plataforma consumidor.gov.br atinge a marca de 2 milhões de registros

No ano passado, o índice médio de solução de conflito foi de 81%.  Projeto completa cinco anos e envolve a Secretarian Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça e o Tribunal de Justiça de São Paulo.

Projeto de Lei quer enquadrar apps como 99 e Uber no Código do Consumidor

Hoje, diz o autor do PL, deputado Sérgio Vidigal (PDT/ES), o atendimento desses aplicativos é insatisfatório e viola as normas existentes de defesa do consumidor. Uma das medidas impostas é a obrigação de ter um SAC por telefone, funcionando 24 horas.

INPI promete reduzir prazo para registro de chips de 70 para 7 dias

Sistema batizado ‘e-Chip’ permitirá a solicitação online no caso de topografias de circuitos integrados. Plano de digitalização dos serviços também prevê que o Instituto vai aceitar pagamento por cartão, no lugar da GRU. 

Governo de São Paulo oficializa programa SP Sem Papel

Primeira etapa do projeto será implantada neste mês nas Secretaria de Governo, Casa Civil, Fazenda e Planejamento, Educação, Saúde, Desenvolvimento Regional e na Prodesp. Iniciativa será finalizada em 2020, com a adesão da administração indireta. Servidores serão treinados por EAD.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G