Home - Convergência Digital

Gamificação certifica colaboradores de empresa de cloud

Convergência Digital - 03/10/2019

Desenvolver e capacitar profissionais internos é uma forma das empresas se manterem competitivas, com times engajados e focados nos clientes. Pensando nisso, a Mandic Cloud Solutions, ​​especializada em serviços profissionais em cloud, investiu na Mandic Universidade Corporativa (MUC), com o objetivo de aperfeiçoar as competências técnicas, comportamentais e de negócios de seus colaboradores. A empresa acaba de lançar uma trilha de formação profissional, chamada Satori, um treinamento em formato gamification que certifica o colaborador em diversas áreas, entre elas, agilidade, monitoramento, rede de segurança, containers e Serverless.

A trilha, que faz uma alusão às artes marciais, começa na faixa branca e vai até a vermelha, seguindo a escala jiu-jitsu. Cada etapa é representada por um Dojô - local onde se treina artes marciais japonesas - e a medida que o trabalhador passa pelos capítulos é possível acumular Yattapoints (pontos virtuais) que podem ser convertidos em prêmios como um day-off, por exemplo.

Para Vanessa Haba, diretora de Pessoas da Mandic Cloud "unir a realidade colaborativa com metodologias ágeis, já é uma prática em grandes empresas. O desafio é aprimorar cada vez mais os programas que investem em treinamento interno, e incluir conteúdos que atendam não só as áreas técnicas, mas também outros departamentos".

Para iniciar sua jornada de desenvolvimento é necessário que o colaborador percorra a faixa branca, composta por seis cursos que servirão de nivelamento. Dentre os temas que fazem parte dos cursos, introdução à linguagem de programação python e cloud computing, são alguns."Dessa forma, conseguimos desenvolvê-lo em sua área de atuação, porém, issonão impede que o colaborador se desenvolva em outro dojô que tiver interesse", afirma Haba.

Concluído os cursos da faixa branca, o colaborador poderá ingressar no Satori escolhendo um dojô para treinar, importante que essa escolha esteja acordada com o gestor da área. A trilha Satori é composta por 7 faixas a serem percorridas, e cada faixa possui alguns desafios, provas e conteúdos elaborados pelos próprios especialistas da companhia.

Para a diretora de Pessoas, a plataforma recente já obteve aceitação entre os colaboradores. "Temos sessenta faixas brancas. Para a nossa surpresa, até os que não são de áreas técnicas estão empolgados com a iniciativa e, pelo formato didático e lúdico, conseguem absorver os conteúdos sem nenhuma restrição", explica.

Cerca de 260 colaboradores já navegam na plataforma da MUC. Desde abril foram registradas 572 horas em cursos onlines e presenciais, e em maio e junho já passaram de mais de 8 mil horas apenas nos cursos onlines. Pela trilha Satori, 67 especialistas já se formaram. A empresa prevê o lançamento de mais quatro trilhas até o final do ano. .

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/09/2020
ACSoftware oferece 10 bolsas para capacitação profissional na Trilha DevOps da Jornada Learning

15/09/2020
Dell e IOS abrem cursos gratuitos para jovens e pessoas com deficiência em Campinas, RJ e Porto Alegre

14/09/2020
Estação Hack do Facebook abre 19 mil vagas gratuitas para curso de empregabilidade e inovação

10/09/2020
Meta oferece 350 vagas para TI. 21 delas para fora do Brasil

08/09/2020
CESAR School de Manaus abre inscrições para pós-graduação em Testes Ágeis

04/09/2020
Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

31/08/2020
CESAR abre inscrições para capacitação a distância em TI

24/08/2020
Contratações de pessoal cresceram 34% em julho

21/08/2020
SAP investe R$ 7 milhões em certificações gratuitas para jovens em TI

10/08/2020
Cursos de IoT e de computação em nuvem chegam à HSM University Code School

Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

A Escola Nacional de Administração Pública estima que, por conta da Transformação Digital, a automação deverá substituir cerca de 100 mil postos de trabalho no Serviço Público Federal nos próximos cinco a 10 anos, sendo que a metade deles terá menos de 50 anos.

Acordo trabalhista em Goiás será pago em Bitcoins

Em conciliação realizada pelo TRT de Goiás, empresa de mineração aceitou o pagamento no valor de R$350 mil convertidos na moeda eletrônica. 

Teletrabalho: Novo PL quer acordo prévio para custos com Internet e PCs

Iniciativa também não permite que o tempo de uso dos aplicativos, como o WhatsApp, fora da jornada normal, seja um regime de prontidão. Projeto tem regras distintas da IN 65 do Governo Bolsonaro para os servidores públicos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site