NEGÓCIOS

Transações por 'maquininhas' são estratégicas para receita dos bancos

Ana Paula Lobo ... 07/05/2019 ... Convergência Digital

A guerra das 'maquininhas' que já provoca embates entre os bancos tradicionais e suas redes e os entrantes do segmento, como o PagSeguro e outros, só deve aumentar daqui da frente. Em 2018, segundo apurou a 27ª edição da Pesquisa de Tecnologia Bancária 2019 da FEBRABAN, divulgada nesta terça-feira, 07/05, em São Paulo, o número de transações pelas chamadas 'maquininhas' ou POS ultrapassaram, pela primeira vez, às realizadas nas agências bancárias.

O levantamento mostra que, em 2017, foram realizadas 10,9 bilhões de transações por meio das maquinhas e aqui com um adendo relevante: 100% delas com movimentação financeira. Em 2018, esse montante cresceu para 12,6 bilhões de transações. Para se ter uma ideia, nos ATMs, em 2017, 49% das transações foram não financeiras, e 51% foram movimentações financeiras. Em 2018, 42% foram não financeiras, e 58% foram movimentações financeiras. Nas agências, em 2017, 51% das transações foram com movimentação financeira. Em 2018, esse número subiu para 54%.

Se for contabilizar as operações do mobile banking- serviço que mais avançou em 2018 com um aumento na quantidade de transações com movimentações financeiras por celular de quase 80% no ano passado - as transações com movimentação financeira ficaram em 7% em 2017, e em 2018, subiram para 10%. No Internet Banking, em 2017, 23% das transações foram com movimentação financeira e, em 2018, esse número ficou em 24%.

"Os números do POS foram realmente o fato novo dessa edição de 2018, onde houve um crescimento de 20% nas transações financeiras realizadas por elas. Mas o estudo também mostra que há muito espaço para crescer em transações financeiras nos canais digitais, em especial, no mobile banking, que já foi o protagonista do uso", observa Gustavo Fosse, diretor de Tecnologia da Febraban.

De acordo com o estudo, o número de transações bancárias com movimentações financeiras cresceu cerca de 33%. O avanço de 80% na quantidade de transações com movimentações financeiras por celular foi puxado, principalmente, pelo crescimento número de contas pagar por esse canal (que chegou a 1,6 bilhão, em 2018) e de 119% na quantidade de DOCs, TED e outras transferências de quantias em contas bancárias (862 milhões). O número de contas abertas ficou estável: 155 milhões.

O levantamento da Febraban registrou, também, um boom de contas abertas por meio do mobile banking: foram 2,5 milhões em 2018 ante 1,6 milhão no ano anterior. O internet banking não fica atrás nesse quesito, já que registrou a abertura de 434 mil contas no ano passado, bem acima das 26 mil, em 2017. Também houve um forte incremento de 60% na contratação de crédito por aplicativos de celular; e os investimentos e aplicações feitas pelo mesmo canal cresceram 36%. A pesquisa CIAB Febraban contou com a participação de 20 bancos, que representam 91% dos ativos da indústria financeira no País. mas não contou com a participação dos chamados bancos digitais, que não são filiados à Federação Brasileira de Bancos.




Cloud Computing
Uma empresa utiliza, em média, 1295 serviços na nuvem

Relatório Netskope Cloud Report aponta que as três principais violações de política detectadas em serviços de nuvem corporativa incluem Prevenção a Perda de Dados (DLP), política de atividade na nuvem e, violações de atividade atípica.

Clientes acusam NegocieCoins, do Banco Bitcoin, de sumir com dinheiro das contas

Apesar de ter 200 ações correndo na Justiça, na sexta-feira, 09/08, a corretora seguia vendendo bitcoins operando um volume de R$ 3,2 milhões. Companhia diz ter sido alvo de uma tentativa de fraude, em processo de investigação pela Polícia Civil.

Com Brasil à frente, investimentos em busca de “unicórnios” são recorde na América Latina

Os investimentos de venture capital quadruplicaram, para US$ 2 bilhões, nos últimos dois anos. Valor já superado em sete meses de 2019.

Justiça não pode relativizar registro concedido pelo INPI

A 2ª Câmara de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo entendeu que empresa de alimentos não poderia usar nome ‘Natura’, como reclamou a empresa de cosméticos. 

Passa a valer obrigação de reportar à Receita a compra e venda de criptomoedas

O Fisco relata que o mercado de moedas digitais no Brasil possui mais investidores que a Bolsa de Valores de São Paulo (B3), que têm cerca de 800 mil pessoas cadastradas. Além disso, esse mercado movimentou, apenas em 2018, mais de R$ 8 bilhões no país.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G