Home - Convergência Digital

TJ da Bahia cria app com IA e biometria para agilizar queixa do consumidor

Convergência Digital* - 27/09/2019

Com o app "Queixa Cidadã" em seu smartphone, o consumidor baiano não precisa mais se dirigir a um Serviço de Atendimento Judiciário, que funciona dentro do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), para o registro das ações de causas do consumidor. A ferramenta é um projeto-piloto para atender a demandas de serviços essenciais, como abastecimento de água.

Essa possibilidade é resultado do avanço do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) na era digital, que tem por objetivo facilitar o acesso da sociedade à Justiça, com menos burocracia e custos. O "Queixa Cidadã"  vai possibilitar  ao cidadão  registrar queixas nos Juizados Especiais e ainda ingressar com ações de causas do consumidor, com valores de até 20 salários-mínimos, sem a necessidade de advogado.

"Queixa Cidadã" é uma iniciativa da Coordenação dos Juizados Especiais com desenvolvimento em parceria com a Secretaria de Tecnologia da Informação e Modernização do TJBA. Seu objetivo é auxiliar na resolução do alto volume de ações em pequenas causas que sobrecarregam a estrutura do órgão, além de oferecer mais comodidade ao cidadão. A tecnologia poderá ser usada a qualquer hora e lugar.

Segundo o Coordenador dos Juizados Especiais do TJBA, Paulo Chenaud, o aplicativo tem o intuito de garantir o acesso rápido e eficaz à Justiça e atenderá inicialmente a queixas de consumidores da Embasa (Empresa Baiana de Água e Saneamento da Bahia). Posteriormente, a tecnologia poderá ser acessada para reclamações de empresas de fornecimento de energia, planos de saúde e de telefonia.

App de nova geração

Tecnologias emergentes como inteligência artificial (IA) e biometria integraram o desenvolvimento do "Queixa Cidadã", tornando ágil a identificação do usuário por reconhecimento facial e digitais. O secretário de Tecnologia da Informação e Modernização do TJBA, Leandro Sady, destaca que a ferramenta é bastante intuitiva, proporcionando melhor experiência ao consumidor.

Para facilitar ainda mais o seu uso, o cidadão conta com uma assistente virtual, chamada Judi, que dá todas as instruções para o registro de queixas. De acordo com Sady, é possível ajuizar uma ação em apena cinco minutos.

O desenvolvimento do app contou com apoio da Solutis, especializada em projetos de aceleração digital dos seus clientes. Segundo a empresa, o "Queixa Cidadã" é resultado de imersões de um time de experts que atua no TJBA. Eles ajudaram a conceber uma ferramenta com inovação e alinhada aos conceitos de User Experience (UX), favorecendo a usabilidade para proporcionar ar melhor experiência ao cliente. Ambiente Ágil e DevOps possibilitaram entregas e adequações rápidas para o atingimento dos objetivos de maneira assertiva.











Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/10/2020
Bradesco vai pagar R$ 23,8 milhões ao CADE por bloqueio a fintechs em aplicativo

02/10/2020
EUA recorrem da decisão judicial que suspendeu bloqueio do WeChat

29/09/2020
Instagram passa Facebook Messenger e está em 81% dos celulares no Brasil

22/09/2020
Governo quer economizar R$ 27 milhões com atestado médico pela Internet

16/09/2020
Claro vende acesso ao aplicativo do Hospital Albert Einstein por R$ 49,90 por mês

07/08/2020
TikTok e WeChat decidem enfrentar o governo de Donald Trump

05/08/2020
Infobip e GSMA para oferecer proteção à identidade digital

05/08/2020
Itaú abriu cerca de 1 milhão de contas pelo app no 1º semestre

03/08/2020
"TikTok é vítima inocente da loucura da política e da geopolítica"

31/07/2020
Trump 'ordena' a venda do TikTok. Microsoft aparece como interessada

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site