TELECOM

Juiz manda CVM investigar compra e venda de ações da Oi

Convergência Digital* ... 10/09/2019 ... Convergência Digital

Uma reportagem do jornal Valor Econômico desta terça-feira, 10/09, revela que o juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, seguindo parecer do Ministério Público do estado, autorizou investigação sobre o aumento nos volumes de compra e venda de ações da Oi nas últimas semanas.

Ele determinou à Comissão de Valores Mobiliários reunir informações detalhadas sobre os negócios em day trade feitos na recente queda e alta do preço das ações da companhia, e em períodos anteriores. O material, segundo a reportagem, deverá ser entregue “diretamente ao Gabinete deste Juízo de forma sigilosa”.

O juiz Fernando Viana questiona, além do volume financeiro recente das negociações, o fato de diferentes informações sobre a empresa terem vazado na imprensa. “Tais fatos impactam diretamente na cotação das ações da Companhia no mercado de valores mobiliários, que pode ter sido manipulado para gerar ganhos ilícitos”, afirma Viana.

A investigação é justificada com base no interesse social da recuperação judicial da Oi. “É preciso que se tenha conhecimento de toda e qualquer forma de capitação especulativa que gire em torno das recuperandas", adiciona Fernando Viana.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Dataprev contrata Claro por R$ 236 mil para ter fibra ótica no Rio de Janeiro

Contrato, publicado no Diário Oficial da União, prevê a interligação dos prédios do data center da estatal de TI no Rio de Janeiro à filial na mesma cidade, no bairro de Botafogo.

Autor da nova Lei das teles lidera entidade para brigar por banda larga

Ex-deputado Daniel Vilela vai presidir a Aliança Conecta Brasil F4, que nasce com apoio da Huawei, FiberX e da consultoria Teleco, mas quer novos associados. “Não existe economia digital sem infraestrutura”, afirma.

Consumidores: Banda larga é o serviço com menor satisfação, celular o melhor

Para a Anatel, como o padrão de consumo exige estar sempre online, percepção de qualidade é especialmente rigorosa com a conexão à internet.

Decreto da nova Lei de Telecom depende de acerto sobre renovação de frequências

“Entendemos que é melhor que a Lei também seja aplicada para os contratos vigentes e estamos tentando construir uma posição única de governo”, explica o secretário executivo do MCTIC, Julio Semeghini. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G