Home - Convergência Digital

Samsung anuncia produção de chip integrado 5G para celular

Convergência Digital - 04/09/2019

A coreana Samsung, maior fabricante mundial de telefones celulares, anunciou nesta quarta, 4/9, que vai começar a produzir em massa até o fim deste 2019 seu chip 5G, batizado Exynos 980, com a promessa de “tornar o 5G mais acessível a uma ampla variedade de usuários”. 

Segundo a empresa, o modem do novo processador móvel suporta redes 5G a 2G, “fornecendo uma velocidade rápida de downlink em gigabit em 4G LTE e até 2,55 gigabits por segundo (Gbps) em 5G sub-6-gigahertz (GHz)”. E que poderia chegar a 3,55 Gbps em “conectividade dupla E-UTRA-NR (EN-DC), que combina conectividade 2CC LTE e 5G”. 

O chip, conforme apresentado pela fabricante coreana, é o primeiro processador móvel com 5G integrado. A intenção de ser “mais acessível” está na configuração “média” do chip de 8 nanômetros e com oito núcleos de processamento, sendo dois Cortex-A77 em 2,2 GHz, e outros seis Cortex-A55 com velocidade de 1,8 GHz. Também há suporte a Wi-Fi 6 e Bluetooth 5. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/08/2020
EUA vão vender 100 MHz para impulsionar 5G

10/08/2020
Huawei dá o troco e Qualcomm alerta para o risco dos EUA perder muito dinheiro

06/08/2020
Huawei não pode ser usada para atrasar ainda mais o leilão 5G

06/08/2020
Se Anatel quiser, redes privadas não precisam esperar o leilão 5G

06/08/2020
Huawei usa robôs em centro de distribuição no Brasil com uso do 5G industrial

04/08/2020
Reino Unido contraria teles e confirma leilão 5G para janeiro de 2021

29/07/2020
Investimentos em 5G vão dobrar em 2020 e serão maiores que 4G até 2022

29/07/2020
Estados Unidos fazem ameaça velada ao Brasil por 5G

28/07/2020
A10 e CLM lançam laboratório de capacitação em IoT/5G

27/07/2020
Sem testes de campo, Anatel adia consulta sobre faixa de 3,5 GHz no 5G

Destaques
Destaques

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site