TELECOM

Orquestração de rede 5G é prioridade da Ciena

Ana Paula Lobo e Fábio dos Santos ... 07/11/2019 ... Convergência Digital

A orquestração de rede 5G é uma das prioridades da Ciena no Brasil, conta o gerente geral da fabricante no País, Fernando Capella. Segundo ele, mesmo que as implementações comerciais aconteçam apenas a partir de 2021, as operadoras estão se preparando e estudando a melhor forma de viabilizar a infraestrutura.

À CDTV, do portal Convergência Digital, durante o Futurecom 2019, realizado de 28 a 31 de outubro, em São Paulo, o executivo falou também sobre as empresas de Internet."Elas estão construindo infraestrutura e têm sido bastante ativas na parte de transporte", disse Capella.

Outra área que também cresce no Brasil são os datacenters. "Houve um crescimento significativo de datacenters e isso exige uma conectividade ainda maior", acrescentou. Indagado sobre os planos para 2020, Capella descartou, no curto prazo, fabricação local, mas disse que se as oportunidades acontecerem, haverá uma avaliação rápida. Assista à entrevista com Fernando Capella.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Aloo Telecom: Brasil precisa de um cadastro único de redes de fibra ótica

O crescimento das redes de fibra ótica é desorganizado e faltam informações disponíveis para definir onde investir e maximizar os recursos, afirma o CEO da operadora, Felipe Cansanção. Aloo Telecom analisa a participação no leilão 5G. "Nunca se vendeu tanta capacidade de espectro", adiciona o CEO.

Ufinet, da Enel, entra no mercado de rede neutra no Brasil

Chairman da empresa, Stefano Lorenzi,  assegura que Ufinet não terá vantagem no uso dos postes por ter a distribuidora elétrica como uma das acionistas. "Vamos competir igual com os outros", diz.

Falta um orquestrador para resolver o conflito do uso dos postes

"Não é falta de lei. Não é falta de resolução. É falta de agenda prioritária. Falta uma orquestração efetiva para se tentar resolver o problema", diz o diretor de estratégia e regulatório da Algar Telecom, Renato Paschoareli.

Abranet: Revisão do marco de telecom tem que abrir espaço para voz no SCM

Entidade diz que a revisão do marco legal de telecom exige uma avaliação do mercado de telefonia no Brasil, com ajustes regulatórios capazes de abrir o segmento aos prestadores de SCM, com recursos de numeração e sistemas de áreas de tarifação nos moldes da telefonia celular.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G