Home - Convergência Digital

Nova Zelândia engrossa lista e bane equipamentos da Huawei

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 28/11/2018

A agência de inteligência da Nova Zelândia rejeitou o primeiro pedido da indústria de telecomunicações do país para usar equipamentos 5G fornecidos pela chinesa Huawei Tecnologies, citando preocupações sobre segurança nacional.

A fornecedora de serviços em telecomunicação Spark New Zealand, que fez o pedido, disse nesta quarta-feira que irá avaliar o argumento antes de considerar novos passos.

A decisão ocorre na sequencia de relatos de que os Estados Unidos estão pressionando outros países a, assim como ele, banirem equipamentos chineses. Documento do governo americano reclama da liderança chinesa no desenvolvimento do 5G.

A Austrália barrou a Huawei de fornecer equipamento 5G, também citando riscos à segurança. Na semana passada, o Wall Street Journal reportou que o governo dos EUA estava tentando persuadir companhias de países aliados a evitar a Huawei.

O ministro de Serviços de Inteligência, Andrew Little, disse à Reuters que a Spark - cujo pedido foi parte da primeira aplicação 5G do país - trabalhará com a agência para mitigar riscos. Ele não quis especificar as preocupações, citando informações confidenciais.

A Huawei disse em nota que irá “ativamente responder a quaisquer preocupações e trabalhar junto para achar um caminho adiante”, acrescentando que assinou mais de 20 contratos 5G com provedoras ao redor do mundo.

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/07/2019
Embargo dos EUA à Huawei pesa no bolso e reduz o lucro da Samsung

01/07/2019
Trump cede à pressão interna e autoriza venda de produtos à Huawei

26/06/2019
Governo de Brasília retoma Parque Tecnológico com laboratório de 5G e incubadora

24/06/2019
Huawei: "Vamos manter os altos investimentos em 5G"

17/06/2019
Nuvem é motor do crescimento futuro da Huawei

07/06/2019
Brasil não vai barrar Huawei, diz vice-presidente Hamilton Mourão

06/06/2019
Google Brasil endossa que Huawei não respeita política de privacidade

06/06/2019
Bloqueada nos EUA, Huawei anuncia acordo com a Rússia para 5G

06/06/2019
Ao Procon, Google diz que Huawei só atualiza Android até 19 de agosto. Fabricante assegura serviços

31/05/2019
Dell perde receita e reclama da pressão de Trump sobre empresas chinesas

Destaques
Destaques

Varejo x bancos: carteira digital vira superaplicativo

Superados os obstáculos iniciais, mercado não financeiro acelera estratégia para ficar com preferência dos consumidores.

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site