Convergência Digital - Home

Oi usa a nuvem para avançar em Cidades Inteligentes

Convergência Digital
Convergência Digital* - 02/02/2017

A Oi firmou parceria com a VM9 Smart City Solutions, empresa de Tecnologia da Informação e engenharia aplicada para cidades inteligentes, para disponibilizar uma nova solução de Smart Cities para os setores público e privado. Através de uma plataforma focada na transformação digital das cidades, a Oi oferecerá um ambiente integrado, sob medida, para atender à crescente necessidade do uso de informações para tomada de decisão e melhores resultados no planejamento e mobilidade urbana das cidades. A solução será lançada pela companhia ainda no primeiro trimestre de 2017.

A parceria com startups de destaque em suas áreas de atuação é parte da estratégia da Oi de oferecer para o mercado soluções inovadoras. “O Oi Cidades Inteligentes vai oferecer soluções modulares e sob medida para pequenas, médias e grandes cidades. Nosso objetivo é propor aos municípios uma abordagem simples, prática e financeiramente viável para aumento da eficiência e satisfação com serviço público, com efetiva redução de custos e equilíbrio das contas. Para isso, estamos aliando as mais avançadas soluções tecnológicas à experiência em gestão de serviços públicos e planejamento urbano”, diz Luiz Carlos Faray, diretor do B2B da Oi.

A Oi acredita que o processo de transformação para uma cidade inteligente começa com as necessidades dos cidadãos. A tecnologia tem o papel de suportar essa mudança e a companhia prevê uma solução aberta, que poderá receber múltiplas fontes de dados e se conectar com outras plataformas e soluções, como as de IoT (Internet das Coisas) para iluminação pública, que vem ganhando atenção do setor público.  “O objetivo é criar um ecossistema de parceiros com know how no setor público”, completa Faray. A solução Oi Cidades Inteligente será hospedada na nuvem e suportada pelos servidores virtuais do data center da Oi com abrangência nacional.

A Oi vem apostando no setor de IoT e foi a primeira operadora do mercado nacional a lançar comercialmente o Oi Smart, sua plataforma de serviços de automação que se baseia no conceito de Internet das Coisas. O Oi Smart tem foco em ambientes inteligentes e é direcionado para clientes do varejo e pmes. Em outra frente, a companhia começou a operar o seu laboratório de IoT no Rio de Janeiro, em parceria com a Nokia, para o desenvolvimento de novas soluções.

 


LEIA TAMBÉM:
Destaques
Destaques

Computação em nuvem protagoniza investimentos no Brasil

Crescimento anual das ofertas de cloud é estimado em 26% até 2022. Já os aportes em em Inteligência Artificial vão crescer 29% nos próximos quatro anos.

Embratel: Ao definir preferência pela nuvem, governo agiliza jornada digital

Definição nas compras governamentais por cloud first transforma a contratação de serviço, pontua o gerente executivo de vendas de TI da Embratel, Odélio Horta Filho. Compras governamentais e o uso das novas tecnologias como IA, Machine Learning e IoT serão tema de debate no Brasscom TecFórum, em Brasília.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site