INCLUSÃO DIGITAL

Falta disposição política para criar cidades inteligentes no Brasil

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 26/07/2017 ... Convergência Digital

Falta disposição política para criar cidades inteligentes no Brasil. "Se os prefeitos não forem pressionados, não forem sensibilizados pela população, não teremos cidades inteligentes. Depender de políticas públicas do Estado e do Governo Federal significa ter um avanço muito lento. Significa que cidades inteligentes só vão acontecer quando o gestor estiver ligado à evolução. Não se consegue viver bem hoje sem acesso à tecnologia. Este é o ponto básico e essencial", ressaltou o diretor da Rede Cidade Digital, José Marinho, durante o II Fórum de Cidades Digitais do Oeste do Paraná, evento que integra o Paraná TIC 2017, que acontece nesta semana em Foz do Iguaçu.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Marinho sustentou que não basta ter uma infraestrutura de última geração se os serviços não estiverem integrados. "Muitos hoje estão comprando tecnologia e criando uma 'torre de babel', com sistemas não se falando. Isso é um gasto e não vai trazer resultado. Na prática, os sistemas não vão gerar as informações efetivas para melhorar a gestão pública", reiterou o diretor da RCD.

Um exemplo de unir interesses foi dado pelo executivo. Em Aurora, localidade paranaense, o Wi-Fi gratuito nas residências só é acessado se o IPTU estiver em dia. Assistam à entrevista com José Marinho, da Rede Cidade Digital.


Carreira
Empresas oferecem 63 bolsas de estudo em Tecnologia

Parceria entra a Cabify e a Ironhack prevê a concessão de três bolsas integrais e 60 bolsas parciais nos três cursos disponíveis atualmente na Ironhack São Paulo: Desenvolvimento Web, UX/UI Design e Data Analytics.

Google Station é plataforma de monetização para Programa WiFi Livre SP

Empresa firmou parceria com América Net e Linktel, com patrocínio do Itaú, e já conta com 80 hotspots distribuídos na capital de São Paulo.

Pressão do TCU dobra ganhos da Telebras no contrato com Viasat

Em renegociação forçada pela Tribunal de Contas, o resultado inicialmente estimado em R$ 203 milhões foi turbinado em mais R$ 222 milhões com o acordo de uso da capacidade do satélite nacional para venda de acesso a internet.

TV Digital: Com parecer pró-TVs, Anatel acena com recursos para banda larga

Disputa pelos R4 3,6 bilhões acontecia entre TVs e Teles. Com saldo, haverá dinheiro para os demais projetos, afirma o presidente do Gired, conselheiro Moisés Moreira.

Infovias compartilhadas são estratégicas para ampliar a banda larga

Governo costura uma agenda de ações para massificar o acesso à conectividade no Brasil, entre elas está a revisão do fomento para as cidades inteligentes, revela o secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Menezes. Política governamental será debatida no Brasscom TecFórum, que acontece nos dias 24 e 25 de abril, em Brasília.

Embratel instala 15 mil novos hotspots gratuitos de Wi-Fi em Pernambuco

Operadora explica que serão 12500 pontos Wi-Fi instalados em órgãos do governo do Estado e aproximadmente 3000 direcionados para praças e locais públicos. Iniciativa faz parte do programa Pernambuco Conectado, que tem investimentos previstos de R$ 180 milhões.

Para Cade, não houve abuso das teles em questionar contrato da Telebras

Estatal acusou Sindisat, Sinditelebrasil e a amazonense Via Direta de ligitância de má-fé nas disputas judiciais pelo uso do satélite nacional. Para órgão antitruste, aões não eram infundadas.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G