INCLUSÃO DIGITAL

Cidade Digital terá prioridade de investimentos no plano de conectividade

Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 22/09/2017 ... Convergência Digital

O governo apresentou durante o Painel Telebrasil 2017, realizado nesta semana, em Brasília, as linhas mestras da nova política pública para a massificação da banda larga, a ser expressa em um Decreto presidencial cujo teor será colocado em consulta pública. E segundo o secretário de telecomunicações do MCTIC, André Borges, municípios que estiverem no programa de Cidades Digitais terão prioridade para ganhar redes de transporte em fibra óptica. 

“O programa de Cidades Inteligentes, ou Cidades Digitais, permite que qualquer município que consiga receber recursos, principalmente por emendas parlamentares, tenha capacidade de usufruir. O modelo vai estar pronto e sendo feito por nós, e se o município estiver [no Cidades Digitais] vai ter uma preferência de atendimento na rede de transporte. O seja, a rede de transporte será prioritariamente dirigida a municípios que tenham contratado esse programa.”

A ideia é direcionar investimentos em backhauls em fibra, banda larga móvel em áreas menos povoadas e acessos em fibra na franja das metrópoles, nessa ordem. “Estamos falando em levar backhaul de fibra até o distrito sede de 75% dos municípios do Brasil, hoje em cerca de 60%, e o restante atender com rádio de alta capacidade. Com relação a redes de acesso, que o 4G chegue à totalidade dos municípios e que os distritos não-sede densamente povoados sejam atendidos com 3G, embora as operadoras têm dito que já partiriam 4G na largada. Por fim, redes de acesso fixo em localidades dos grandes municípios ainda não servidas por rede.”

Os estudos que sustentam esse novo plano de conectividade indicam que cerca de 45% dos domicílios brasileiros, urbanos e rurais, não estão cobertos por redes capazes de entregar nem 10 Mbps, e 60% não conseguem chegar a 30 Mbps. Assim, além dos mencionados 75% de cidades com backhaul de fibra, outras metas preveem 60% da população com redes de acesso em banda larga fixa de alta capacidade (ou seja, mais de 30 Mbps) e 100% das vilas com 3G. Assistam a apresentação do Secretário de Telecomunicações, André Borges.


Carreira
No Brasil, mais de 60% usam smartphone próprio para fins profissionais no horário de trabalho

Pesquisa global mostra que 92% dos brasileiros tiveram acesso ao smartphone, um número 30% acima dos usuários de notebooks (70%). Levantamento também destaca que as mulheres são mais engajadas do que os homens no uso do WhatsApp.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Provedores devem apontar PTTs que grandes operadoras terão que conectar

Anatel quer estabelecer os critérios para definir quais os pontos de troca de tráfego deverão constar das ofertas de referencia das teles com Poder de Mercado Significativo.

Governo diz ao TCU que só Telebras tem satélite de banda larga nacional

MCTIC diz à Corte de Contas que operadoras privadas não têm condições técnicas de atender ao programa Gesac com cobertura e velocidades exigidas.

Proibir o uso do celular pelos jovens é estratégia ineficaz e sem futuro

"Proibindo por proibir não estamos ensinando nada", advertiu a psicóloga Evelise Galvão de Carvalho, ao participar do Workshop Impactos da Exposição de Crianças e Adolescentes na Internet, promovido pelo CGI.br e pelo NIC.br.

Facebook abandona projeto de drones para conectar áreas remotas

Empresa anunciou que vai desativar a unidade que construiu o Aquila, o veículo não tripulado do tamanho de um Boeing 737 que prometia irradiar internet. Rival Google ficou sozinha com o projeto Loon, de balões para a Internet.

TV Digital: Sobras de recursos devem comprar mais conversores

Estimativas são de que haverá disponível cerca de R$ 600 milhões dos R$ 3,6 bilhões que o leilão da faixa de 700 MHz destinou à TV Digital, suficiente para comprar cerca de 3 milhões de novos kits.

Juiz de Fora, MG, é número 1 na oferta de serviços digitais em ranking das teles

Operadoras expandiram o ranking das cidades amigas da banda larga para avaliar também as que oferecem serviços digitais aos cidadãos.No ranking das cidades amigas da Banda Larga, Uberlândia se mantém com a liderança. Brasília e São Paulo estão nos últimos lugares.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G