INCLUSÃO DIGITAL

Cidade Digital terá prioridade de investimentos no plano de conectividade

Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 22/09/2017 ... Convergência Digital

O governo apresentou durante o Painel Telebrasil 2017, realizado nesta semana, em Brasília, as linhas mestras da nova política pública para a massificação da banda larga, a ser expressa em um Decreto presidencial cujo teor será colocado em consulta pública. E segundo o secretário de telecomunicações do MCTIC, André Borges, municípios que estiverem no programa de Cidades Digitais terão prioridade para ganhar redes de transporte em fibra óptica. 

“O programa de Cidades Inteligentes, ou Cidades Digitais, permite que qualquer município que consiga receber recursos, principalmente por emendas parlamentares, tenha capacidade de usufruir. O modelo vai estar pronto e sendo feito por nós, e se o município estiver [no Cidades Digitais] vai ter uma preferência de atendimento na rede de transporte. O seja, a rede de transporte será prioritariamente dirigida a municípios que tenham contratado esse programa.”

A ideia é direcionar investimentos em backhauls em fibra, banda larga móvel em áreas menos povoadas e acessos em fibra na franja das metrópoles, nessa ordem. “Estamos falando em levar backhaul de fibra até o distrito sede de 75% dos municípios do Brasil, hoje em cerca de 60%, e o restante atender com rádio de alta capacidade. Com relação a redes de acesso, que o 4G chegue à totalidade dos municípios e que os distritos não-sede densamente povoados sejam atendidos com 3G, embora as operadoras têm dito que já partiriam 4G na largada. Por fim, redes de acesso fixo em localidades dos grandes municípios ainda não servidas por rede.”

Os estudos que sustentam esse novo plano de conectividade indicam que cerca de 45% dos domicílios brasileiros, urbanos e rurais, não estão cobertos por redes capazes de entregar nem 10 Mbps, e 60% não conseguem chegar a 30 Mbps. Assim, além dos mencionados 75% de cidades com backhaul de fibra, outras metas preveem 60% da população com redes de acesso em banda larga fixa de alta capacidade (ou seja, mais de 30 Mbps) e 100% das vilas com 3G. Assistam a apresentação do Secretário de Telecomunicações, André Borges.


Carreira
Ingram Micro distribuirá R$ 1 milhão para desenvolvedores de software no Brasil

Brasileiros vão participar da etapa local do concurso global, Comet Competition, voltado para identificar desenvolvedores de software B2B. Inscrições já estão abertas. Grande vencedor global dad disputa poderá receber US$ 1 milhão.

Anatel quer BNDES como agente financeiro para usar FUST na expansão da banda larga

Agência reguladora aprovou o Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações, o PERT. De acordo com a Anatel, 3.542 dos 5.570 municípios do país não possuem acesso à rede de fibra óptica. Agência também diz que dos R$ 20 bilhões do FUST, apenas R$ 200 mil foram aplicados no setor.

Acesso à Internet reproduz desigualdade social e econômica no Brasil

Estudo do IPEA mostra que a falta de acesso à internet repete as mesmas adversidades e exclusões já verificadas na sociedade brasileira no que tange a analfabetos, menos escolarizados, negros, população indígena e desempregados.  Homens e mulheres têm comportamento semelhantes na Web.

Google Station é plataforma de monetização para Programa WiFi Livre SP

Empresa firmou parceria com América Net e Linktel, com patrocínio do Itaú, e já conta com 80 hotspots distribuídos na capital de São Paulo.

Pressão do TCU dobra ganhos da Telebras no contrato com Viasat

Em renegociação forçada pela Tribunal de Contas, o resultado inicialmente estimado em R$ 203 milhões foi turbinado em mais R$ 222 milhões com o acordo de uso da capacidade do satélite nacional para venda de acesso a internet.

TV Digital: Com parecer pró-TVs, Anatel acena com recursos para banda larga

Disputa pelos R4 3,6 bilhões acontecia entre TVs e Teles. Com saldo, haverá dinheiro para os demais projetos, afirma o presidente do Gired, conselheiro Moisés Moreira.

Infovias compartilhadas são estratégicas para ampliar a banda larga

Governo costura uma agenda de ações para massificar o acesso à conectividade no Brasil, entre elas está a revisão do fomento para as cidades inteligentes, revela o secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Menezes. Política governamental será debatida no Brasscom TecFórum, que acontece nos dias 24 e 25 de abril, em Brasília.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G