INOVAÇÃO

Cidades inteligentes vão gerar R$ 30 bilhões às teles móveis

Convergência Digital ... 24/09/2018 ... Convergência Digital

As cidades inteligentes representam uma das principais verticais em que operadoras móveis poderão usar sua expertise e oferecer serviços para além da mera conectividade, com a geração de novas receitas. Segundo um levantamento da ABI Research, esse tipo de novas oportunidades para as teles móveis vai gerar US$ 7,6 bilhões somente na vertical de cidades inteligentes até 2023.

“As cidades inteligentes representam um mercado imenso e complexo, onde o foco tradicional convive com a tendência crescente de ofertas que cruzam diferentes verticais. Isso significa que provedores de serviços móveis poderão assumir diferentes papéis, desde integradores de sistemas a provedores de plataformas”, indica a ABI Research, lembrando no entanto que se as oportunidades são muitas, também cresce a concorrência na disputa por elas.

Por isso, segundo o estudo, as operadoras móveis precisarão equilibrar a ‘coopetição’ e priorizar modelos de negócios inovadores, como receitas baseadas em publicidade ou em performance, e não ficar esperando – e torcendo – pela onda em volta dos potenciais do 5G nas cidades inteligentes.

A análise reconhece que provedores de serviços móveis já estão se valendo de táticas inovadoras para encontrarem seu espaço como atores importantes nos novos ecossistemas. Mas o destaque é que mesmo essas ainda precisam garantir escala para suas novas ofertas.

“Por exemplo, a Verizon tem estratégia fortemente baseada em aquisições (Sensity System and LQD), a AT&T está reunindo um grande número de parceiros para apresentar soluções a cidades de destaque, a BT aposta em suas capacidades de análise de dados e a Deutsche Telekom partiu para implantações agressivas em internet das coisas em banda estreita (NB-IoT)”, aponta a ABI.

A ideia, assim, é que o sucesso das operadoras nas cidades inteligentes será definido pela capacidade de atuação, garantindo um ecossistema amplo de parceiros e melhorando as relações com consumidores ao mesmo tempo em que alinham vários interesses, ativos e opções inovadoras de monetização. “O sucesso dos provedores de serviços móveis será moldado por sua habilidade em inovar, não pelo 5G”, conclui a ABI Research.


Cloud Computing
Covid-19: ativado o primeiro repositório de dados abertos do Brasil

O repositório abriga dados abertos e anonimizados de mais de 177 mil pacientes e um total de quase 5 milhões de resultados de exames clínicos e laboratoriais realizados em todo o País pelo Grupo Fleury e, em São Paulo, pelos hospitais Israelita Albert Einstein e Sírio-Libanês.


Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

Em nota, associação nacional do setor indica “preocupação” com a medida. “Liquidação distanciará ainda mais o Brasil do conhecimento de ponta.”

OBr.Global promove bootcamps Live sobre empreendedorismo

Aceleradora, especializada em internacionalização das empresas, ensinará técnicas adotadas no Vale do Silício, nos EUA.

Política de informática foi feita para o hardware, mas deu certo com o software

Para Sílvio Meira, a estratégia que o Brasil quer desenhar para Inteligência Artificial precisa desafiar à produção nacional para trazer os resultados pretendidos.

Open Banking faz XP ir às compras no Brasil

XP anunciou a aquisição de participação majoritária na fintech Fliper, responsável, hoje, por mapear R$ 7 bilhões lem investimentos na sua plataforma.

Software livre venceu e desapareceu. Agora tudo é serviço.

Como lembrou o cientista e professor Sílvio Meira, ao participar do Convergência Digital em Pauta, até o Windows passou a rodar sobre fundação Linux.  O mundo, hoje, é de quem tem o serviço como diferencial de concorrência.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G