INCLUSÃO DIGITAL

Para Kassab, sobras devem ficar na expansão da cobertura da TV Digital

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/12/2018 ... Convergência Digital

Na disputa entre teles e emissoras de televisão pelos R$ 877 milhões estimados em sobras do processo de migração da TV Digital, o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, sustentou que os recursos sejam mantidos como previsto, para a distribuição de kits de recepção para famílias de baixa renda e transmissores digitais.

“Esse é um recurso importante e seu direcionamento não pode ter nenhum questionamento, ou poderemos perder esse recurso e comprometer o programa. O dinheiro deve ir para a continuidade do programa, até porque foi um recurso arrecadado para esse fim. Portanto seria algo muito, não diria arriscado, mas diferente”, afirmou Kassab.

Nesta terça, 12/12, o ministro liderou a cerimônia de assinatura da portaria que determina o desligamento dos sinais analógicos de televisão em 545 cidades no interior de São Paulo e do Rio de Janeiro. O último agrupamento com desligamento analógico previsto para esta fase – Mossoró (RN), Governador Valadares (MG), Dourados (MS), Marabá (PA), Petrolina (PE) e Parnaíba (PI) – deve acontecer em 9 de janeiro de 2019.

O setor de radiodifusão já apresentou proposta para que as sobras desse processo sejam destinadas a mais kits de conversores para as famílias pobres e para transmissores digitais para prefeituras que financiaram as próprias antenas retransmissoras de TV dos municípios. Kassab aponta que o edital da faixa de 700 MHz previa essa destinação.

“O ministro das Comunicações, quando tem divergência sobre um assunto, se não se manifesta não é ministro. Minha opinião é clara. O recurso foi arrecadado para esse fim. Portanto ao mudar seu direcionamento temos grande risco de questionamento jurídico para quem fez a mudança e sobre o programa”, insistiu o ministro.

“O que temos é um bom problema”, afirmou o presidente da Anatel, Leonardo de Morais. “Cumprimos o cronograma com menos recursos previstos. Algo que não é recorrente no contexto das políticas em geral, públicas ou privadas. E essa questão vai ser definida com diálogo e a percepção de todos os atores de quais são os projetos que melhor se amoldam à política pública definida.”

O tema vai ser encaminhado pelo Gired, o grupo de TVs, teles, Anatel e MCTIC que coordena a implantação do sistema brasileiro de TV Digital, para uma decisão do Conselho Diretor da Anatel. Isso porque os recursos, originalmente R$ 3,6 bilhões, são parte do preço pago pelas operadora móveis pela faixa de 700 MHz, em leilão realizado em 2014.


Carreira
Empresas oferecem 63 bolsas de estudo em Tecnologia

Parceria entra a Cabify e a Ironhack prevê a concessão de três bolsas integrais e 60 bolsas parciais nos três cursos disponíveis atualmente na Ironhack São Paulo: Desenvolvimento Web, UX/UI Design e Data Analytics.

Google Station é plataforma de monetização para Programa WiFi Livre SP

Empresa firmou parceria com América Net e Linktel, com patrocínio do Itaú, e já conta com 80 hotspots distribuídos na capital de São Paulo.

Pressão do TCU dobra ganhos da Telebras no contrato com Viasat

Em renegociação forçada pela Tribunal de Contas, o resultado inicialmente estimado em R$ 203 milhões foi turbinado em mais R$ 222 milhões com o acordo de uso da capacidade do satélite nacional para venda de acesso a internet.

TV Digital: Com parecer pró-TVs, Anatel acena com recursos para banda larga

Disputa pelos R4 3,6 bilhões acontecia entre TVs e Teles. Com saldo, haverá dinheiro para os demais projetos, afirma o presidente do Gired, conselheiro Moisés Moreira.

Infovias compartilhadas são estratégicas para ampliar a banda larga

Governo costura uma agenda de ações para massificar o acesso à conectividade no Brasil, entre elas está a revisão do fomento para as cidades inteligentes, revela o secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Menezes. Política governamental será debatida no Brasscom TecFórum, que acontece nos dias 24 e 25 de abril, em Brasília.

Embratel instala 15 mil novos hotspots gratuitos de Wi-Fi em Pernambuco

Operadora explica que serão 12500 pontos Wi-Fi instalados em órgãos do governo do Estado e aproximadmente 3000 direcionados para praças e locais públicos. Iniciativa faz parte do programa Pernambuco Conectado, que tem investimentos previstos de R$ 180 milhões.

Para Cade, não houve abuso das teles em questionar contrato da Telebras

Estatal acusou Sindisat, Sinditelebrasil e a amazonense Via Direta de ligitância de má-fé nas disputas judiciais pelo uso do satélite nacional. Para órgão antitruste, aões não eram infundadas.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G