Home - Convergência Digital

IDC: Empresas brasileiras fazem mais do que falam sobre Internet das Coisas

Por Roberta Prescott - 06/02/2019

Ainda que à espera do Plano Nacional de Internet das Coisas - que deveria ter saído no final do ano passado - a expectativa é que o ecossistema de IoT movimente US$ 9 bilhões no Brasil, ou algo em torno de R$ 30 bilhões e cresça acima de 20% ao ano até 2022. Os números foram apresentados por Pietro Delai, gerente de consultoria e pesquisa da IDC, durante a apresentação para a imprensa do IDC Predictions Brazil, estudo realizado anualmente pela consultoria e que aponta as principais tendências para o ano.

"As empresas não usam o termo, mas estão fazendo mais que falando de internet das coisas", explicou Delai ao justificar as previsões. Segundo ele os projetos surgindo e muitos já em andamento no País, com destaque para o setor de agronegócio. Globalmente, o mercado de IoT deve atingir US$ 745 bilhões em 2019 e passar a marca de US$ 1 trilhão em 2022, impulsionado pelos setores de manufatura e consumo.

No Brasil, Delai ressaltou que MVNOs estão sendo criadas para atender à demanda de IoT, que há evolução rápida dos sistemas prediais (BMS, de building management system) para incorporar internet das coisas e com protocolos mais abertos e equipamentos mais integráveis. Segundo ainda a IDC, 44% dos gestores brasileiros de TI afirmam reconhecer pelo menos um projeto de IoT implementado.

"IoT está, efetivamente, acontecendo, mas muita gente ainda enxerga IoT como telecom, como conectividade, mas dá para fazer com cabo. Tem muito projeto que não depende de 3G ou 4G e, por outro lado, há projeto que não vai existir sem baixa latência e não virá antes do 5G", concluiu o gerente da IDC.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

06/07/2020
UISA, de bionergia, contrata Vivo para ter 4G e IoT na produção de bionergia

01/07/2020
ConectarAgro quer 13 milhões de hectares na área rural com conexão 4G até o fim de 2021

29/06/2020
Senador pede regime de urgência para IoT para acelerar geração de emprego e renda

23/06/2020
Indicator Capital vai gerir fundo de IoT do BNDES e Qualcomm Ventures

16/06/2020
Startup pernambucana capta R$ 3,5 milhões e investe para expandir IoT na saúde

12/06/2020
Bayer dá acesso gratuito a ferramenta de coleta de dados para agricultura digital

10/06/2020
Regulamentação de IoT passa por tratar a coleta e a proteção dos dados

08/06/2020
Centro de Operações Rio usa rede neutra IoT da American Tower

08/06/2020
TIM inicia piloto de IoT e IA para monitoramento de granjas da JBS

19/05/2020
Nuvem e segurança impulsionaram serviços de TI no Brasil

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site