TELECOM

Sangria na telefonia fixa faz mercado perder meio milhão de linhas em janeiro

Convergência Digital ... 08/03/2019 ... Convergência Digital

O Brasil registrou 37.759.405 linhas de telefonia fixa em operação no mês janeiro de 2019, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em relação a dezembro de 2018, houve diminuição de 547.826 unidades e, nos últimos 12 meses, a redução foi de 2.522.084 linhas.

O ajuste de começo de ano pegou tanto as linhas vendidas por meio de autorizadas, que perderam 212.764 linhas (-1,28%), como entre as concessionárias, nas quais a redução foi de 335.062 linhas (-1,54%).

Em janeiro de 2019, havia 16.363.921 linhas fixas registradas pelas autorizadas no país e 21.395.484 pelas concessionárias. Em 12 meses, as autorizadas tiveram redução de 541.614 linhas (-3,20%) e, as concessionárias, queda de 1.980.470 linhas (-8,47%).

Em relação às concessionárias, a Oi possui o maior número de linhas fixas ativas, 11.991.611 linhas (56,04%), seguida pela Telefônica/Vivo, com 8.522.468 linhas (39,83%).

Entre as autorizadas, a Claro registrou a maior participação de mercado, com 10.213.176 de linhas fixas no país (62,41%), seguida pela Telefônica/Vivo, com 4.306.372 (26,32%), e pela Tim, com 897.874 linhas (5,48%).



Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

Começa a valer cadastro que bloqueia telemarketing das teles

A partir deste 16/7, será possível inscrever números no cadastro ‘Não Me Perturbe’. Promessa da Anatel é que em 30 dias os inscritos não receberão mais chamadas promocionais das operadoras de telecom.

Imposto zero para IoT está na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

Deputado Federal, Paulo Ganime (Novo/RJ), diz que o projeto de Lei 7656/2017, corrige uma distorção - a cobrança de FISTEL para os dispositivos IoT.

Governo autoriza aumento de capital da Telebras de R$ 1,17 bilhão

Montante é reflexo dos aportes autorizados em 2015, 2016, 2017 e 2018, quando a estatal estava ainda em acerto financeiro do satélite geoestacionário de defesa e comunicações. 

Comissão aprova prazo de seis meses para instalação de bloqueador de celular em presídios

Relator do projeto retirou o dispositivo que condicionava as novas outorgas de telecomunicação à instalação, ao custeio e à manutenção dos bloqueadores pelas prestadoras.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G