Home - Convergência Digital

Mais de 400 mil ataques DDoS por meio de IoT aconteceram no 1º trimestre

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 21/03/2019

Os dispositivos CoAP (protocolo leve de equipamentos M2M) despontaram entre os principais arsenais de botnets para ataques de negação de serviço (DDoS) no primeiro trimestre do ano, com mais de 400 mil novos ataques detectados nos três primeiros meses de 2019, revela o relatório da A10 Networks. Eles acompanham as armas baseadas em Network Time Protocol (NTP), os resolvedores DNS (Domain Name System) e o SSDP (Simple Services Discovery Protocol), apura ainda o levantamento.

O tipo mais comum de ataque utilizando muitas dessas armas é um ataque reflexivo de amplificação. Nele, os invasores falsificam o endereço IP de um alvo e enviam solicitações de informações para servidores vulneráveis que disparam respostas amplificadas de volta ao endereço IP da vítima, sobrecarregando assim a capacidade dos servidores do alvo.

“Os ataques DDoS estão aumentando em frequência, intensidade e sofisticação”, disse Rich Groves, diretor de pesquisa e desenvolvimento da A10 Networks. “Sistemas infectados por malware e servidores vulneráveis continuam a criar ataques de grande escala contra alvos despreparados. De acordo com o executivo, ocrescimento de dispositivos de IoT usando protocolos como o CoAP representa uma nova e rápida superfície de ataque.

"O protocolo CoAP vai desempenhar um papel importante nos ataques DDoS daqui para frente. Como outros tipos de armas favoritas, o CoAP é inerentemente suscetível a spoofing (técnica usada para alterar informações de pacotes TCP/IP ou informações de cabeçalho de endereços de e-mail) de endereços IP e amplificação de pacotes, os dois principais fatores que permitem a que ocorra a amplificação de um ataque DDoS”, acrescenta Groves.

Segundo os especialistas da A10 Networks, o CoAP é um protocolo leve de máquina a máquina (M2M) que pode ser executado em dispositivos inteligentes, onde os recursos de memória e computação são escassos. Para ter acesso ao relatório completo, clique aqui.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/04/2019
WND e Facens firmam parceria para fomentar uso de IoT

18/04/2019
Brasil emplaca na UIT referência de arquitetura para Internet das coisas

17/04/2019
Oi faz piloto de internet das coisas rural em 450 MHz

05/04/2019
Votorantim Cimentos leva iniciativa de IoT do Brasil para o mundo

03/04/2019
Pronto, Plano de IoT será mostrado a ministros antes de seguir ao Planalto

03/04/2019
Governo e empresas criam Câmara para acelerar digitalização da indústria

02/04/2019
Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

01/04/2019
TIM contrata mil VSATs da Gilat para expandir oferta de 4G IoT na agricultura

29/03/2019
Brasil ganha nova operadora dedicada à Internet das Coisas

28/03/2019
Plano Nacional de Internet das Coisas precisa sair da retranca

Destaques
Destaques

Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

Projeção do mercado é que o segmento vai crescer acima de 20% ano contra ano até 2022. Dispositivos, em especial os smartphones, impulsionam o crescimento dos investimentos em TI ao longo de 2019.

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Smartphones colocam Inteligência Artificial na palma da mão

Por Samir Vani*

Tecnologias como reconhecimento facial, identificação de objetos e realidade aumentada já estão disponíveis na palma das nossas mãos, mas boa parte das pessoas não sabe ainda.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site