INOVAÇÃO

Cisco anuncia novos equipamentos WiFi com promessa de 5G

Convergência Digital* ... 30/04/2019 ... Convergência Digital

A Cisco, que detém  o mercado de sistemas WiFi corporativos no mundo, anunciou o lançamento de um equipamento para a próxima geração de redes sem fio, atualizando uma parte essencial de seus negócios de US$ 28,2 bilhões e mirando eleva receita da área de software.

São novos equipamentos de pontos de acesso e switches para empresas compatíveis com WiFi 6, um novo padrão que deverá ser lançado em 2022. Telefones, laptops e outros dispositivos se conectarão aos pontos de acesso da Cisco em campus corporativos e transportarão o tráfego para os switches, que se conectam a uma rede com fio de determinada empresa.

A Cisco, que controla cerca de 45% do mercado equipamentos para redes locais sem fio, segundo a IDC, está lançando os equipamentos muito antes da maioria dos telefones e laptops terem um chip compatível com o novo padrão. O novo padrão é projetado para evitar o ‘entupimento’ que pode ser causado com a conexão de múltiplos dispositivos a uma rede sem fio, como televisores, câmeras de segurança, alto-falantes inteligentes e sensores.

Um novo aspecto das redes que os consumidores vão notar é o estreitamento de laços com as redes sem fio 5G, que chegarão mais ou menos na mesma época que o WiFi 6. Quando as duas novas tecnologias estão em funcionamento, por exemplo, o telefone de um hóspede do hotel pode passar de 5G para a rede WiFi após fazer check-in, sem ter que digitar um nome ou senha.

Muitos desses novos recursos surgirão devido ao maior uso de software para controlar o tráfego nas redes sem fio. Para capitalizar isso, a Cisco está aposentando seu switch para redes corporativas mais vendido e lançando um novo que será capaz de executar mais softwares, que a Cisco venderá junto com o equipamento.

* Com informações da Reuters


Cloud Computing
CADE aprova compra da Red Hat pela IBM sem restrições, mas ainda avalia prática de gun jumping

Tribunal do órgão regulador descartou impacto na concorrência, mas ainda vai analisar se houve eventual prática de gun jumping – quando uma operação é consumada sem a autorização prévia do órgão antitruste. Multa, nesse caso, varia de R$ 60 mil a R$ 60 milhões.

Brasil monta centro para dados, IoT e industria 4.0 com Fórum Econômico Mundial

Sede será instalada no Instituto de Pesquisa Tecnológica de São Paulo e deverá entrar em operação no primeiro semestre de 2020.

Economistas lançam livro sobre Inovação associada à economia do compartilhamento

Paulo Bastos Tigre e Alessandro Maia Pinheiro analisam o impacto dos novos negócios, sob a ótica da academia, na economia digital.

ANAC faz consulta pública sobre futuro dos drones

Órgão regulador da aviação civil quer ouvir a opinião da sociedade sobre como conduzir a operação das aeronaves não tripuladas no País. Consulta irá até o dia 05 de fevereiro de 2020.

Iluminação inteligente é uma das apostas da NEC com Internet das Coisas

O gerente de soluções da engenharia da NEC do Brasil, Eduardo Ribeiro, diz que a fornecedora- que atua como orquestradora de soluções- criou uma plataforma multisegmento, baseada em inteligência artificial, para acelerar a adesão dos serviços inteligentes nos municípios brasileiros.

Desconexão entre Academia, governo e empresas trava inovação no Brasil

Em Israel, afirma o co-fundador e CEO da IBI-Tech, Daniel Skaba, a sinergia do ecossistema de Inovação foi crucial para impulsionar os negócios.
 



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G