INOVAÇÃO

Quase metade da venda de fibra óptica para ISPs é financiada na Prysmian

Por Roberta Prescott ... 11/07/2019 ... Convergência Digital

Financiar a compra de equipamentos é, muitas vezes, um entrave para as empresas prestadoras de serviços de internet. Para facilitar a aquisição por parte dos ISPs, o Grupo Prysmian oferece o cartão Prysmart há cerca de três anos e, segundo João Carro Aderaldo, CCO do Grupo Prysmian, de 30% a 40% das vendas para ISPs é feita por meio deste cartão.

Em conversa com a imprensa durante a inauguração da sede do grupo para a América Latina, localizada na cidade de Sorocaba, interior de São Paulo, Aderaldo explicou que o cartão é fruto de parceria com uma financeira, cujo nome ele não revelou, para facilitar o pagamento das compras deste nicho de empresas junto à companhia. “Com o cartão, eles conseguem financiamento do valor e acesso ao pagamento em parcelas”, explicou.

Aderaldo apontou que existem fontes de financiamento do governo que são bastante atrativas, porque, segundo ele, o governo entende que o setor é importante. “O que nós temos feito, de forma a ajudar, é buscar parceiros — bancos e empresas — que trabalhem conosco para oferecer financiamentos”, afirmou. Atualmente, os prestadores de serviços de internet são responsáveis pela compra de metade do volume vendido de fibra ótica pelo Grupo Prysmian.

“Os ISPs estão se desenvolvendo, passaram de uma participação pequena, há quatro ou cinco anos, para aproximadamente 50% do nosso negócio neste ano. Eles não detêm a maioria dos usuários, mas são responsáveis pelo desenvolvimento. Acreditamos que eles seguem crescendo pelos os próximos cinco anos, porque ainda tem muito a fazer no Brasil em fibra ótica e eles tem maior capacidade de construir que as operadoras e de atingir áreas mais remotas que nem sempre interessa para as telcos”, disse Aderaldo.



BC: Pagamento pelo WhatsApp terá de provar proteção aos dados

"Um arranjo que começa com 120 milhões de clientes não é pequeno", explicou Roberto Campos Neto.

Empresas nacionais reclamam da burocracia e deixam de investir em Inovação

Em pesquisa do Instituto Eldorado, empresas alegam que os instrumentos de fomento são burocráticos ou desconhecidos. Mais da metade das companhias ouvidas assumem que estão investindo menos em novas tecnologias.

Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

Em nota, associação nacional do setor indica “preocupação” com a medida. “Liquidação distanciará ainda mais o Brasil do conhecimento de ponta.”

OBr.Global promove bootcamps Live sobre empreendedorismo

Aceleradora, especializada em internacionalização das empresas, ensinará técnicas adotadas no Vale do Silício, nos EUA.

Política de informática foi feita para o hardware, mas deu certo com o software

Para Sílvio Meira, a estratégia que o Brasil quer desenhar para Inteligência Artificial precisa desafiar à produção nacional para trazer os resultados pretendidos.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G