Home - Convergência Digital

Profissional do futuro é atento e despreza a zona de conforto

Da Agência Telebrasil - 12/07/2019

Mais do que pensar nas demandas de TICs, o Brasil precisa pensar em profissionais com bases tecnológicas mais sólidas, que possam acompanhar a rápida evolução de um mundo cada vez mais digital. “As tecnologias se reconfiguram muito rapidamente e o profissional tem de ter os elementos básicos para se reconstruir ao longo da carreira”, pontua o CEO da Logicalis para a América Latina, Rodrigo Parreira.

O executivo lembra que o mundo vive uma das mais profundas transformações econômicas de base tecnológica. Automação, Inteligência Artificial, Computação Quântica, IoT, dentre outras tendências, classificam esse período, segundo analistas, como a quarta revolução industrial. Parreira observa que há um ambiente de clara fragmentação no mundo do trabalho.

Em artigo recente, o CEO da Logicalis América Latina disse que, “em tempos de Uber, vale a pena nos perguntarmos se há uma perspectiva nos empregos clássicos ou se estamos entrando em um ambiente no qual dominarão as tarefas, anunciadas e contratadas online. Pílulas de trabalho informal, muito específicas, que compõem projetos maiores e são baseadas em conhecimentos e competências limitadas àquela atividade.”

No texto, o executivo assinalou ainda que “é fundamental, hoje, por conta da transformação digital, entender a velocidade com que essas transições no mercado de trabalho acontecerão. Se a inovação tecnológica for muito mais rápida do que sua reacomodação, veremos consequências sociais e políticas graves nos próximos anos, com crescimento do desemprego e da exclusão. Poucos governos – a nível mundial e, em particular, na América Latina – parecem entender a natureza desse processo.”

À Agência Telebrasil, Rodrigo Parreira enumera uma qualidade para o profissional do futuro: o poder de síntese terá de ser maior do que o da análise, o que significa apostar na inovação, na criatividade e no novo para reconfigurar a tecnologia. “Acredito fortemente na convergência da tecnologia com o lado humano. Temos é que instigar a interação da melhor forma possível para criar o valor desejado.”

Os profissionais capacitáveis são, hoje, o objeto de consumo das empresas, sejam elas de TICs ou não, uma vez que, ao fim do dia, são eles que serão moldados para a construção dos negócios. Mas Parreira admite: profissionais capacitáveis, ou seja, aqueles que são uma boa matéria-prima para evolução, estão escassos, em especial, na América Latina. Assistam à entrevista com o CEO da Logicalis América Latina, Rodrigo Parreira.

TICs - Tecnologias da Informação e Comunicação

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/08/2020
Oracle: É preciso acelerar o Marco Legal das startups

10/08/2020
Cursos de IoT e de computação em nuvem chegam à HSM University Code School

07/08/2020
IOS abre 1.140 vagas e fornece acesso à Internet para plataforma de cursos

06/08/2020
Instituto tem mais de 10 mil bolsas em bootcamps para formar profissionais de TI em dois meses

04/08/2020
Linktel prepara piloto com Wi-Fi 6E no aeroporto de Salvador

04/08/2020
Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E em 6GHZ abrem o B2B para os provedores Internet

04/08/2020
Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E não concorrem com o 5G, sustenta HPE/Aruba

03/08/2020
Bemol quer Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E para levar banda larga para quem não tem nem 3G

30/07/2020
Anatel define se faixa de 6GHz será 100% não licenciada ou terá 500 MHz para as teles

30/07/2020
Abranet: faixa de 6GHz não licenciada vai aumentar a competição

ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

TRT/SP rejeita cautelar das empresas de TI e cobra Convenção Coletiva 2020

O desembargador e vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2 Região, Rafael Edson Pugliese Ribeiro, em despacho, alerta que a falta de renovação da Convenção Coletiva 'é a falência do diálogo'. Convergência Digital publica a íntegra da decisão.

Microsoft muda alto escalão da AL e fica à espera de Rodrigo Kede,em litígio com a IBM

O presidente para a AL da Microsoft, Cesar Cernuda, e a brasileira Paulo Bellizia, vice-presidente de Vendas, Marketing e Operações para a região, oficializaram a saída da empresa. A computação em nuvem é pano de fundo no embate entre as gigantes.

Gestor de Tecnologia foi repaginado pela Covid-19

Os responsáveis por compliance, por digitalização e por suppy chain foram reconhecidos e estão à frente das ações das empresas e passaram a ter acento nos comitês de liderança, afirma o consultor da Russell Reynolds Associates, Márcio Gadaleta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site