TELECOM

Bolsonaro recebe presidente global da Telefónica

Convergência Digital* ... 03/09/2019 ... Convergência Digital

O presidente Jair Bolsonaro recebeu em audiência nesta terça-feira, 03/09, o presidente global da Telefónica, José Maria Pallete. O executivo, que foi acompanhado pelo presidente da Vivo Brasil, Christian Gebara. Participaram ainda da audiência o diretor global de comunicações, marca, public affairs e sustentabilidade, além de presidente do conselho da Telefônica Brasil, Eduardo Navarro. Pelo governo, a audiência contou com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em nota oficial divulgada pela operadora, Pallete veio ao País para reforçar "a absoluta confiança da empresa no país, que se reflete nos investimentos que a Telefônica Vivo vem fazendo para tornar o país cada vez mais digital e conectar mais pessoas em todo o território nacional."

Considerando o triênio 2018-2020, a Telefônica Vivo apresentou um total de R$ 26,5 bilhões de investimentos no Brasil, praticamente R$ 9 bilhões por ano. Pallete confirmou o fato de a empresa ser o maior investidor estrangeiro do país com R$ 400 bilhões, desde 1998.

Mesmo com a nota oficial da Telefónica não tocar no assunto é fato que o Congresso Nacional está com um tema relevante às operadoras para votação: A mudança do Marco regulatório, por meio do PLC 79/16, que troca as concessões para o regime de autorizações ampliando os investimentos na banda larga. Também está à mesa o modelo que a Anatel irá adotar para a chegada do 5G no País.

 


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Procon de SP multa Telefônica em R$ 3,5 milhões por cobranças indevidas

Defesa do consumidor alega que operadora cobrou por serviços não realizados, cancelados ou não solicitados. 

PGR:Lei de Santa Catarina que proíbe cobrança de valor adicionado é inconstitucional

“Lei estadual que proíbe a oferta e a cobrança de serviços de valor adicionado pelas prestadoras de serviços de telecomunicações é inconstitucional por usurpação da competência material e legislativa da União”, sustenta o procurador-geral da Repúublica interino, Alcides Martins.

TJ-RJ mantém condenação da Oi em R$ 200 milhões por contrato na área de games

Por não enxergar nulidade no laudo pericial que atestou as perdas e danos sofridas pelo rompimento do contrato de prestação de serviços de jogos eletrônicos, a 20ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, negou o agravo da operadora.

Força-tarefa da Anatel interrompe 25 emissoras clandestinas em São Paulo

Operação estava interferindo no controle de tráfego aéreo do aeroporto de Guarulhos. Também foram desmantelados 20 pontos onde a energia elétrica que alimentava os equipamentos de transmissão era furtada, com apreensão de cerca de uma tonelada de cabos de energia, em conjunto com a distribuidora local.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G